Gráficos mostram a evolução do Coronavírus em Alegrete desde o primeiro caso em 1° de abril

Compartilhe
  • 366
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    366
    Shares

Desde o dia 1° de abril, quando foi confirmado o primeiro caso do novo coronavírus no Município, o bacharel em Direto e músico, Marco Dorneles Rego, passou a desenvolver um estudo estatístico sobre o comportamento da pandemia e desenvolveu gráficos que avaliam o crescimento de contágio do vírus na cidade. Em razão da carência em algumas informações, não há como elaborar um parâmetro mais detalhado, mas há informações suficientes para observar o crescimento contínuo dos contágios. Com os indicadores atuais e o crescimento dos positivados nas últimas semanas, é possível afirmar que Alegrete é o Município da Região R3 que tem apresentado mais casos.

 

Diante desse cenário de crescimento de novos infectados, o alegretense montou gráficos para demonstrar à população, a importância do distanciamento controlado e de todos os cuidados conhecidos desde o início da pandemia.

 

Em três meses, o número de pessoas positivadas até a noite de ontem estava em 96. Destas, 55 recuperadas, 35 ativas (31 em isolamento domiciliar e 4 hospitalizadas) e 6 óbitos. Foram realizados 1.221 testes, sendo 1.119 negativos, 96 positivos e 6 aguardam resultado. Pessoas em observação com síndrome gripal são 198.

 

Conforme observou Marco, a ocupação hospitalar está nesta data “relativamente branda”, sem muitas internações,  mas isto não significa que pode-se flexibilizar as medidas. “Ainda há “negacionistas”, pessoas com máscaras no queixo, aglomerações e muito trânsito de um local para o outro e pouco respeito ao distanciamento. Não se pode responsabilizar o comércio ou o comerciante, estes estão observando as normas legais. Não é hora de relaxar.

A preocupação com a rede de saúde do Município e todo o trabalho realizado pela equipe da Santa Casa, Secretaria de Saúde de Alegrete, HGUA entre outros, é com a falta da conscientização das pessoas. A reportagem do Alegrete Tudo recebeu várias denúncias de pessoas que estão com suspeita ou positivadas e, mesmo assim, foram ao supermercado ou farmácia. Fica mais uma vez o pedido para que todos tenham responsabilidade com sua conduta e com o bem coletivo.

Veja abaixo todos os gráficos atualizados depois do último boletim que confirmou nove pessoas positivas e nove recuperadas.

 


Compartilhe
  • 366
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    366
    Shares