Sérgio Cruz, o ciclista alegretense multicampeão

Compartilhe
  • 192
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    192
    Shares

Campeão gaúcho de mountain bike no ano passado, o alegretense Sérgio Soares Cruz fechou o ano de 2019, com um excelente desempenho. Participou de provas da Copa Internacional de MTB, no Rio de Janeiro e Minas Gerais, Copa Soul no litoral catarinense, além de dezenas de provas importantes do calendário da Federação Gaúcha de Ciclismo.

O foco em 2020, era conquistar o campeonato brasileiro na categoria, mas a pandemia do novo coronavírus frustou os planos do ciclista de Alegrete.

O alegretense radicado em Caxias do Sul, saiu de Alegrete em 2008, em busca de melhores oportunidades. Na serra gaúcha fez amizades e logo foi convidado para integrar uma equipe de ciclismo.

Para quem já subiu pedalando a Serra da Mantiqueira com 2600 metros de altimetria, desfilou pelo fantástico relevo de Ouro Preto, a sensação de pedalar é muito boa. “Uma adrenalina inexplicável. Bike é tudo de bom”, revela o alegretense.

O biker Sérgio Soares Cruz, referência do MTB gaúcho é dono de vitorioso currículo de títulos e participações em inúmeros veículos de comunicação, Sérgio fala sobre sua rotina em meio à pandemia que assola o nosso planeta.

Confira os principais trecho da entrevista:

Portal: Como estão os treinos em meio à pandemia do novo coronavírus ?

Estão muito fortes, com o foco nas datas de 01 e 02 de agosto, datas já confirmadas das etapas que decidem o título gaúcho.

Portal: Um ano atípico. Como está se mantendo sem participar de provas ?

Confesso que treinar sem um objetivo de competir sem data fixa tem que estar com o psicológico bem centrado, para não perder o foco. Além disso serve para outros testes de campo (treinamentos diferenciados) para ver como se comporta o corpo, pois, às vezes durante a temporada com provas não se consegue fazer esses testes. No entanto, é complicado trabalhar os treinamentos sem ter uma data fixa de competição.

Portal: Aí em Caxias do Sul, como está tua rotina em meio ao isolamento social ?

A rotina está funcionando praticamente normal, não parou vem cem por cento: Trabalho, treinamentos (sempre treinando solo, pouquíssimas vezes treino acompanhado), tudo praticamente normal.

Portal: Quais são tuas medidas de prevenção quando sai para treinar ?

Como eu treino a grande maioria das vezes sozinho, procuro sair o mais rápido possível de dentro da cidade e quando chego faço a higienização e vou para o banho.

Portal: Como ficou a situação das competições. Campeonato gaúcho, o brasileiro. Já tem uma definição de retorno ?

Campeonato gaúcho foi confirmado para 01 e 02 de agosto, na cidade de Itaara, XCO no sábado e XCM no domingo. Se decide tudo em um mesmo final de semana. Brasileiro de XCO no início de dezembro na cidade de São Paulo, até o momento.

Portal: Qual a dica que daria para o pessoal que gosta de pedalar em meio ao distanciamento controlado criado pelo Governo Gaúcho ?

Se for em grupo procurar ir com menos pessoas possíveis e ter os cuidados de prevenção: evitar assoar o nariz, tossir, se estiver em pelotão.

Portal: Chegamos no inverno. Qual o segredo de pedalar na estação mais rigorosa do ano ?

O segredo é não perder o foco e ser apaixonado pelo esporte que pratica, pois quem não é realmente não consegue sair de casa. Se agasalhar bem nos treinamentos e evitar ficar parando, para não esfriar o corpo e depois adquirir um resfriado.

Portal: Qual a mensagem para os ciclistas de Alegrete ?

Continuem treinando, se cuidando o máximo possível, ter muita fé em Deus que em algum momento essa pandemia vai passar. E, depois que tudo isso acabar, quem não perdeu o foco estará muito forte tanto para competir quanto para enfrentar as dificuldades da vida.

Júlio Cesar Santos                              Fotos: acervo pessoal


Compartilhe
  • 192
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    192
    Shares