45 mil famílias atingidas pelas cheias receberão 2 mil reais de auxílio emergencial do RS

A maior parte do dinheiro arrecadado pelo governo gaúcho por PIX aos desabrigados será repassado a famílias atingidas pelas enchentes em forma de auxílio emergencial.

O governo estima que o benefício chegue a 45 mil famílias, no valor de R$ 2.000 por família. O governador Eduardo Leite confirmou na última segunda-feira a decisão do comitê gestor do PIX “SOS Rio Grande do Sul, formado por órgãos do governo e entidades da sociedade civil.

“Foram mais de 93 milhões arrecadados, dessa participação da sociedade civil. E houve a decisão nesse final de semana pelo comitê gestor do PIX, que reúne órgãos públicos e entidades da sociedade civil, dos R$ 2.000 por família residente nas áreas mais afetadas e que já tenham condições de começar o processo de recuperação e reconstrução.

O critério de distribuição começará pelas áreas mais afetadas que já tenham condições de iniciar o processo de recuperação e reconstrução.

Para ser contemplada, a família não pode ter renda superior a três salários-mínimos, nem ser beneficiária do programa estadual Volta Por Cima, que destina R$ 2,5 mil para famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Grupo Salve de Alegrete leva toneladas de donativos e auxilia desabrigados no Vale do Taquari

“Claro que R$ 2 mil reais não resolve tudo, mas é uma ajuda importante para muita gente que perdeu tudo. E haverá outros programas feitos em parceria com o governo federal e com as prefeituras para podermos atender pessoas com renda familiar até 3 salários-mínimos.”

O auxílio será creditado em um cartão pré-pago, emitido pela Caixa Econômica Federal, em nome do responsável familiar. O valor poderá ser sacado em agências ou pontos de atendimento da Caixa, além de ser utilizado para pagamentos em lojas através da função débito.

Pacientes de Encruzilhada e Caçapava vêm fazer hemodiálise em Alegrete

Anteriormente, o Comitê Gestor do PIX já havia anunciado que parte do recurso seria destinada à compra de 30 mil cobertores. O material foi comprado pelo valor de R$ 660 mil.

Fonte: Governo Rio Grande do Sul e Correio do Povo

Foto: Gustavo Mansur/Governo do Rio Grande do Sul

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários