A saga de superação do empresário que depois de 6 cirurgias voltou para casa

Gratidão a Deus — essa é a expressão mais usada quando ocorre a superação de um movimento muito difícil, principalmente, relacionado à saúde. Todavia, é a que melhor sintetiza o poder da cura e da vida.

Desta forma, o empresário Silvio Gedel, que passou, de forma contínua, dois meses em uma intensa luta pela vida, foi recepcionado na noite de sábado(21), por funcionários, amigos e familiares.

Ele estava hospitalizado há 65 dias no Hospital Divina Providência, em Porto Alegre. Porém, o momento de mais emoção e alegria ocorreu na tarde deste domingo (29), quando, finalmente, saiu da Santa Casa de Alegrete para retornar ao lar.

Do virtual ao real: a história de amor que superou mais de 4 mil quilômetros de distância

Silvio foi surpreendido por uma grande carreata. O objetivo: comemorar a vida.

A surpresa:

Depois vários meses de uma grande batalha, o empresário, retornou ao lar.

Silvio, na companhia da valente esposa e, também, guerreira Danielle Figueiredo, foi carinhosamente homenageado através de uma carreata com balões, buzinas e muita comemoração pela vitória.

A surpresa o deixou muito comovido. Ao sair da Santa Casa, Silvio tinha um número expressivo de pessoas, entre funcionários, amigos, familiares e conhecidos que o acompanharam até sua residência.

“A carreata é para comemorar a vitória” – descreveu Danielle.

Na frente da residência, os pastores Danilo Trindade e Adenir Trindade, membros do Ministério de Louvor e demais integrantes da Igreja Ministério Luz para os Povos o aguardavam com um louvor.

Na sequência, Silvio falou da emoção em estar chegando em casa e a gratidão por tudo e todos, principalmente a Deus.

O pastor Danilo Trindade fez uma oração e muitos queriam abraçar o empresário, que precisou ser contido, por familiares, devido aos cuidados de abraçar cada um. Foi um momento de muita alegria.

O símbolo da Casa de Carne Santo Antônio, um boi, estava no primeiro carro que conduziu a carreata da Santa Casa, até a empresa na Assis Brasil, depois uma volta na Praça Getúlio Vargas e a chegada ao lar.

A paciente que superou todas as fases da Covid em 34 dias na UTI de Alegrete

O médico e amigo, Omar Abadallah, também, participou da carreata.

O início do problema de saúde

Em janeiro deste ano, ao ser diagnosticado com uma diverticulite, o empresário se submeteu a primeira cirurgia, na Santa Casa de Alegrete.

O procedimento teve algumas complicações e a saga iniciou. Daniele disse ao PAT que, uma semana depois, a segunda cirurgia foi realizada às pressas e, na sequência, ele foi transferido para Porto Alegre.

Inicialmente , alguns procedimentos foram realizados e Silvio retornou para Alegrete, porém, depois de duas semanas teve que, novamente, voltar ao hospital na Capital e, ao total, foram mais quatro cirurgias.

Neste período, Silvio teve inúmeras intercorrências, passou por UTI, entubações, transfusões de sangue que totalizaram 21 bolsas, até a retirada de um rim.

Foi nesta última cirurgia, que a esposa recebeu a informação de que ele poderia não resistir ao procedimento e ela foi autorizada a falar com Silvio antes de entrar no bloco. “Ali, naquele momento, foi muito importante a forma em que conversamos e Silvio aceitou Jesus. Sempre ficamos firme no propósito de Deus e ele nunca nos desamparou. Impossível mensurar o número de mensagens, ligações e orações que recebi, nestes dias. Sem deixar de falar nas orações, nas correntes sem citar crença, pois todos estavam enviando energias positivas. Não existem palavras para agradecer a todos” – falou Danielle.

Desatenção e uso de celular são as principais causas de acidentes de trânsito

Muito forte e emocionada, ela acompanhou e foi uma das idealizadoras da surpresa ao esposo, juntamente com a equipe de funcionários da Casa de Carnes Santo Antônio que sentiu muita falta do gestor. Também foi a maneira de todos demonstrarem a felicidade e o carinho pelo empresário.

Enquanto esteve em Porto Alegre, Danielle também foi responsável por mobilizar uma grande campanha de doação de sangue em prol do empresário.

“Se teve alguém que lutou pela vida, essa pessoa foi o Silvio. Ele viveu diariamente uma batalha diferente. Sofreu muito, mas foi forte e corajoso. Deus sempre nos deu suporte e fica o meu agradecimento, minha gratidão a todos. Não posso citar nomes, mas há uma legião de pessoas, entre funcionários, familiares, amigos, clientes, conhecidos, médicos, enfermeiros, técnicos…..são muitos os profissionais da área da saúde entre Alegrete e Porto Alegre .

Pessoas que se emocionaram e também foram responsáveis por nos auxiliar neste suporte emocional que não é fácil de manter devido ao período longo, as incertezas e os desafios. Mas estamos muito felizes e prontos para o recomeço que está apenas iniciando, ainda vamos ter um período pela frente para que a nossa rotina possa voltar 100%. Silvio precisa se fortalecer e, a nossa casa, será nossa aliada agora, pois faz uma enorme diferença. ” comentou Danielle em relação ao aconchego do lar que sempre é um grande alicerce também.

Ao chegar em Alegrete na noite de sábado, Silvio foi recepcionado, inicialmente, por uma equipe da Casa de Carnes Santo Antônio, próximo à Ponte Borges de Medeiros e, quando chegou de ambulância, na Santa Casa, onde precisava ficar mais esses dias hospitalizados, ele também se comoveu ao perceber um grupo o aguardando com um hino de louvor. Eram amigos, familiares e funcionários.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários