Acendimento da Chama Crioula sem cavalarianos em Alegrete

Compartilhe
  • 838
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    838
    Shares

Neste domingo, se não tivesse a pandemia que parou muitas atividades no Brasil e aqui em Alegrete, a cidade estaria bem movimentada com a cavalgada da chegada da Chama Crioula.

Só que em 2020, tudo mudou por conta do novo coronavírus. E em vez dos cavalarianos pelas ruas de Alegrete, piquetes movimentados, o que veremos, este ano na cidade mais gaúcha do Rio Grande, será um silêncio como nunca visto em 70 anos de MTG no RS. Normalmente, mais de dois mil cavalarianos vinham desde o marco das Três Divisas com a centelha da chama até a Praça Getúlio Vargas, neste dia 13 de setembro.

Guri é tão gaúcho que já saiu da maternidade pilchado em Alegrete

A geração do fogo da chama foi hoje, na praça Getúlio Vargas, às 18h, com a presença do Coordenador dos Festejos, Cléo Trindade, Coordenador da Região Tradicionalista, Marco Saldanha Junior, o Prefeito Márcio Amaral, assim como, Magistrado Rafael Echevarria Borba, Diretor do Foro, titular da Vara Criminal; Titular da 2ª Promotoria de Justiça de Execução Penal Daniela Fistarol; Defensora Pública Amanda da Gama; Secretária de Educação Angela Vieiro;  Secretário de planejamento José Luis Cáurio; Secretário de Infraestrutura Mário Rivelino; Secretária de Saúde, Haracelli Fontoura; Procurador Geral do Município Paulo Faraco; Secretário de Administração – Rui Alexandre Medeiros; Secretária de Desenvolvimento Social Iara Caferatti e os peões Guilherme Ribeiro Rossi e Cilon Junior.

A cerimônia  começou com a execução do Hino Nacional e encerrou com o talento do alegretense Cristiano Fantinel que  cantou o hino Rio Grandense.

Matheus Suñe: mais um talentoso músico gaúcho nascido no Alegrete

Cléo Trindade, Coordenador da Região Tradicionalista, disse que cada CTG vai gerar o próprio fogo e acender, em sua entidade, a chama crioula. Isso tudo é para evitar qualquer tipo de aglomeração em respeito aos protocolos do saúde.

Cléo Trindade foi enfático ao dizer que é necessário todo cuidados e o Movimento Tradicionalista tem que dar esse exemplo, sem jamais deixar e honrar às tradições. Mas, também houve a divulgação de uma ótima notícia aos tradicionalistas. O coordenador já tem um Projeto pronto para que todos os eventos, deste período, sejam realizados em Dezembro.

Gaúchos sem Fronteira -tema da Semana Farroupilha de 2020 será estudado nas escolas

O Prefeito Márcio Amaral, também falou sobre a expectativa do projeto e mais uma vez reforçou que a população deve manter os cuidados. Alegrete está em um período decrescente de casos positivos, porém, a pandemia ainda não acabou.” Mesmo que não foi possível realizar a tradicional cavalgada, não poderíamos deixar de realizar a cerimônia e cultuar a tradição”- ressaltou.

 


Compartilhe
  • 838
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    838
    Shares