Alegrete recebe nesta quarta-feira 2.545 doses de AstraZeneca para antecipar segunda aplicação

Nesta quarta-feira 2ª dose da vacinação contra Covid-19 apenas no antigo PAM, em Alegrete. É preciso levar documentação, CPF e Identidade.

Será a maior remessa para região desde que começou a vacinação
Será a maior remessa para região desde que começou a vacinação

A Secretaria da Saúde (SES) irá distribuir 308.575 doses da vacina AstraZeneca para as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) a partir das 10h desta quarta-feira (14/7). As doses serão utilizadas para a aplicação da segunda dose de quem já recebeu a primeira há, no mínimo, dez semanas, de acordo com a resolução pactuada entre Estado e municípios, de adiantar o prazo de aplicação entre doses deste fabricante e da Pfizer. A 10ª CRS já está a caminho para buscar as doses e distribuir para os municípios de sua abrangência.

No total, a SES tem 687.105 doses da AstraZeneca reservadas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, para dose 2 (D2). As demais doses serão distribuídas mais perto da data de conclusão do intervalo do próximo lote, que fecha em 23 de julho. Na próxima remessa de vacinas AstraZeneca que chegar ao Estado, ainda ficarão reservadas 77.530 para atingir o quantitativo de imunizantes para D2 que vencem no próximo dia 23.

Alegrete recebe nesta quarta-feira 2.545 doses de AstraZeneca para antecipar segunda aplicação

De acordo Heili Temp, coordenadora da 10ª CRS, a distribuição só irá ocorrer na manhã de quinta-feira (22). Segundo levantamento da coordenadoria, 975 pessoas com 60 e 61 anos devem receber a 2ª dose e mais 1.570 com comorbidades entre 54 e 53 anos e pessoas com deficiência cadastrados no BPC entre 55 e 59 anos, vão receber a dose final da AstraZeneca.

A coordenadora salienta que essa é a 15ª remessa enviada a região e a maior até então. Serão destinadas 14.385 doses para a 10ª CRS, que irá fazer a distribuição na quinta aos município que seguirão o protocolo de vacinação conforme o estipulado pelo secretaria de saúde do Estado.

O município também irá receber 510 doses da Coronavac para segunda dose. Essa é a 27ª remessa da vacina que terá um montante de 3.750 doses destinadas à 10ª CRS.

Quanto à Pfizer, até o início de agosto não há intervalo entre doses fechando 10 semanas. A próxima remessa que chegar ao Estado, deverão ficar reservadas 108.930 doses deste fabricante.

A organização da aplicação das segundas doses, assim como das primeiras, é de responsabilidade dos municípios, que podem escolher a melhor estratégia para atingir o público-alvo em cada situação.

De acordo com a secretária da Saúde, Arita Bergmann, o adiantamento do intervalo entre doses não prejudicará o calendário vacinal estabelecido pelo governo do Estado. A previsão de vacinar 100% da população maior de 18 anos com, pelo menos, uma dose da vacina contra a covid-19 segue sendo 20 de setembro. “Queremos celebrar que o Rio Grande do Sul é o Estado que mais aplica a primeira dose no país, graças à mobilização da população e da organização dos municípios”, disse a secretária.

Sesc Alegrete cria projeto Partiu Natureza

A decisão de adiantar de 12 para 10 semanas o intervalo entre a dose 1 e a dose 2 da AstraZeneca e da Pfizer foi tomada na última segunda-feira (12), durante reunião da Comissão Intergestores Bipartite, com representação do Estado e dos municípios. O objetivo é garantir melhor resposta imune para a variante Delta, uma vez que foram detectados dois casos suspeitos desta cepa no Estado nesta semana. As amostras foram enviadas para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, e os resultados devem sair até sexta-feira (16/7). Apenas uma dose da vacina é pouco efetiva para essa variante.

Júlio Cesar Santos Fonte: saude.rs

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários