Alegretense, Matteus Amaral Vargas, orgulhoso de suas raízes é melhor capa de revista do Mister Brasil
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Matteus Amaral Vargas, 24 anos, é filho de Luciane da Silveira Amaral e Ênio Giovani Leite Vargas.

Alegretense, ele estudou grande parte da sua formação na Escola Dr. Lauro Dornelles e durante anos em diferentes localidades da Zona Rural do município e de outras cidades da Fronteira Oeste.

Mateus foi aprovado no vestibular com 17 anos e acabou cursando 7 semestres do Curso de Engenharia Agrícola, na Universidade Federal do Pampa, infelizmente não concluiu os estudos por motivos financeiros.

O guri nasceu e foi criado em meio a lida campeira. Durante os primeiros 20 anos de vida, o seu sustento veio do campo. Entre os estudos e a lida com os cavalos, surgiu o futebol.

Integrou a equipe do Flamengo de Alegrete. Quando lançado o Projeto do Gauchão, foi um dos selecionados em meio a centenas de jogadores. “Infelizmente meu sonho foi embora com promessas falsas”, conta Amaral.

 

Seguindo em frente com os estudos e o trabalho, acabou entrando em concursos de beleza. Por intermédio da mãe, a única que achava ele  bonito, conta aos risos.

“De início achava estranho, não me imaginava desfilando e pousando para fotos. Só que fui me aprofundando na atividade e vi que não se tratava só de beleza”, explica. Mateus diz que existia algo muito maior envolvido, a parte social, ajudar pessoas, que é algo que sempre ele primou na vida.

 

O alegretense destaca que aprendeu desde muito cedo a valorizar as coisas simples da vida, sendo criado por duas mulheres, a mãe e avó que lhe passaram os melhores ensinamentos.

Mateus acabou conhecendo o CEAL, e daí em diante é uma longa e bonita história que uniu duas paixões. Ajudar pessoas com o amor pelos cavalos. O centro de Equoterapia de Alegrete foi um divisor de águas na vida de Mateus.

 

Com participação em vários concursos de beleza no Municipio, Estado e em âmbito nacional, Mateus levou o nome de Alegrete para o maior concurso de beleza do país. No Mister Brasil CNB, entre 40 candidatos, ficou na 12ª colocação e trouxe um dos prêmios especiais do concurso por sua beleza aferida pelos jurados do conceituado concurso nacional – O Top Model, com a melhor capa de revista.

“Foi emocionante carregar o nome de um povo que eu tanto admiro. Sou grato a Deus por ter nascido gaúcho, mais precisamente no Alegrete “, se enche de emoção o alegretense.

Foi com esse orgulhoso e talentoso alegretense que a reportagem do PAT, bateu um papo, numa entrevista especial que pode ser conferida logo abaixo.

PORTAL: Qual o aprendizado depois de tu realizar o sonho em participar do maior concurso de beleza do País?

Sem dúvida alguma, o maior aprendizado foi de que somos capazes de chegar onde quisermos, basta acreditar e correr atrás. A sensação de estar representando a nossa terra foi única.

PORTAL: Tu sofre algum tipo de preconceito por ser modelo na cidade mais gaúcha do RS?

Infelizmente, sim. Mesmo com tanta informação disponível hoje em dia, devido à internet, algumas pessoas insistem em julgar, tentar minimizar. Confesso que logo no início sofri bastante com isso, porque um dos meus maiores intuitos sempre foi levar o nome do nosso município para outras querências, para lugares onde nossa cultura não é conhecida. Enfim, mesmo com os julgamentos, segui em frente e esses acontecimentos me deram mais força e ânimo para chegar onde cheguei.

PORTAL: De que forma a pandemia do novo coronavírus afetou tua carreira?

A pandemia surgiu logo que fui para Porto Alegre, fazer alguns trabalhos. Fazendo com que eu retornasse para Alegrete. O concurso estava marcado para o mês de junho/2020, então adiaram. Por um lado foi até bom, assim tive mais tempo de preparação. Mas não tenho do que reclamar, pelo contrário, só agradeço a Deus por proteger todos nós e sinto muito pelas pessoas que perderam seus entes queridos.

PORTAL: Entre tantas dificuldades. Como é arrumar patrocínio para participar destes eventos?

Excelente pergunta! Aproveitando o gancho da segunda pergunta, infelizmente uma parcela do nosso povo tem um pouco de preconceito, melhor dizendo, desinformação. Ainda batem muito na tecla de que concursos são somente para mulheres e, a partir disso, conseguir algum apoio se torna complicado. Mas, graças a Deus, sempre tive apoio de muitas pessoas, que me ajudaram a alcançar meus objetivos.

 

PORTAL: Tu está sempre engajado em campanhas de cunho social. Teu voluntariado é constante. De onde vem esse dom de ajudar os outros?

Considero-me uma pessoa abençoada! Tenho pessoas maravilhosas no meu costado, sempre. Mas, o principal estímulo para querer ajudar e fazer a diferença, vem de casa. Desde muito cedo aprendi a valorizar as coisas mais simples da vida e, principalmente, as pessoas. Fui criado por duas mulheres incríveis (Minha mãe Luciane e minha avó Neuza), que me deram um suporte inigualável pra vida. Além de uma boa parte da minha criação, vir de um anjo que Deus colocou no nosso caminho, meu “PAIdrasto” Luciano Ibirocai, que batalhou e me ensinou muita coisa, principalmente, o trabalho no campo, trabalho que foi base do nosso sustento por muito tempo. Além disso, os concursos me ensinaram muito. De início achei que fosse somente um evento relacionado à “beleza física”, tanto que na primeira vez que fui convidado a participar, disse que não gostaria. Só que com o passar do tempo, fui vendo que dentro dos concursos existia algo muito maior. A visibilidade que os concursos nos dão, nos concedem VOZ e VEZ, sobre assuntos que a sociedade deixa de lado. Então, depois que descobri isso, resolvi cair de cabeça nesse projeto. Buscando cada dia mais ser um incentivador de pessoas, inspirá-las a fazer a diferença e ajudar quem precisa.

PORTAL: Tu procuras sempre elevar o nome da cidade por onde passas. Já recebeste do Município para representar a cidade por todo Brasil?

Sim, devo muito a esta terra! Foi onde nasci, fui criado e aprendi os maiores valores da vida(respeito, humildade, simplicidade, amor). Então, nada mais justo do que levar esse orgulho por onde eu passar.
Quanto a apoio, recebi uma pequena ajuda, quando fui para o primeiro concurso nacional.

PORTAL: Alguma situação curiosa em algum concurso que tu participaste?

Graças a Deus, de tantos lugares e pessoas que conhecemos, o que ficam marcadas são as histórias. Nos concursos masculinos é muito interessante contar sobre a irmandade que existe. Por mais que se trate de uma competição, o companheirismo entre os candidatos é incrível.

PORTAL: Já recebeu alguma “cantada” durante os eventos?

Humildemente falando, sim (risos). Mas eu não levo para o lado pessoal, entendo como elogio e um reconhecimento pelo trabalho que desempenhamos.

PORTAL: Como modelo tu deves zelar pelo teu corpo. Como é tua rotina para manter o físico em dia. Tua alimentação tem algum cuidado especial?

Sim, estou constantemente cuidando do corpo. Divido meus treinos entre a musculação e exercícios aeróbicos. Além disso, faço acompanhamento nutricional, com uma nutricionista incrível, que ajudou muito no meu desenvolvimento.

PORTAL: Estamos num momento difícil em função da pandemia. Que mensagem tu deixa para comunidade alegretense ?

“O segredo da vida não é ter tudo que tu quer, mas amar tudo que tu tem!”

Acredito que essa frase é muito importante e nos remete a vários significados, principalmente por conta dessa pandemia que estamos vivendo. É um assunto delicado de debater, porém não pode ser deixado de lado. Esse momento veio para nos alertar sobre muita coisa. Uma delas é que somos todos iguais, independente de cor, sexo, naturalidade, se é rico, pobre, idoso, jovem. Devemos tratar uns aos outros com igualdade e respeito. Ajudar quem precisa é muito importante e nos torna pessoas melhores. A vida é única e devemos cuidá-la. Enfim, são inúmeros significados que devemos, sim, dar atenção e colocar em prática. Quero agradecer e parabenizar toda equipe do Alegrete Tudo, por abrir esse espaço e principalmente por levar informação ao nosso povo alegretense. Deus abençoe a vida de cada um e podem ter certeza- onde o Matteus estiver- o Alegrete estará junto. Estamos juntos!

 

 

Júlio Cesar Santos                          Fotos: reprodução acervo pessoal


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •