Alegretense participa de prova nacional da raça Canchim em São Paulo

Alegretense participa de prova nacional da raça Canchim em São Paulo

Na primeira quinzena de novembro o médico veterinário alegretense André Plastina Gomes, presidente do conselho deliberativo técnico da Associação Brasileira de Criadores de Charolês (ABCC) esteve no Instituto de Zootecnia (IZ) na cidade paulista de Sertãozinho.

Alegretense marcou presença no evento em São Paulo

O profissional alegretense foi convidado para realizar o julgamento dos exemplares da raça Canchim participantes da Prova Canchim de Avaliação de Desempenho e do Teste de Eficiência Alimentar (PCAD-TEA Nacional 2021), o principal evento anual da raça no Brasil, promovido pela Associação Brasileira de Criadores de Canchim (ABCCAN), Embrapa/programa Geneplus e Instituto de Zootecnia (IZ).

Principal evento anual da raça Canchim no Brasil

André foi convidado pela diretoria da ABCCAN, a qual, também integra o conselho deliberativo técnico, para proceder a escolha do grande campeão e do reservado de grande campeão da prova que reuniu cerca de oitenta reprodutores com idades entre 12 e 16 meses, oriundos de criadores de diversos estados. Desde julho deste ano, os indivíduos foram avaliados em várias características relacionadas ao ganho de peso, reprodução, carcaça, funcionalidade, temperamento e consumo alimentar. “O padrão dos animais foi muito bom.

Moradores estão no limite com os abusos nas madrugadas no Parque Rui Ramos

Alegretense ressaltou o padrão dos animais apresentados

Os exemplares eram muito uniformes e estavam muito bem preparados, demonstrando todo o progresso zootécnico do nosso Canchim” destacou. Ao final do julgamento, André Gomes recebeu uma lembrança das mãos do presidente da ABCCAN, Marujo Sobral. 

Covid: força-tarefa para vacinar população em atraso com a 2ª dose em Alegrete

André foi homenageado pela ABCCAN

Após sua formação em Medicina Veterinária pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) em 1978, André Gomes assumiu a direção de pecuária da tradicional Estância Sá Brito, propriedade da família localizada em Alegrete, passando a conduzir juntamente ao seu pai, Adolpho Guerra Gomes, a criação e a seleção de Charolês.

Reconhecido conhecedor da raça, é membro do conselho técnico da ABCC desde 1987, além de já ter exercido a função de jurado de Charolês em diversas exposições, entre elas a Expointer, a ExpoPrado (Montevidéu) e a ExpoLondrina (Londrina/PR). No entanto, a relação de Gomes com o Canchim não é de hoje. A Estância Sá Brito iniciou a formação do seu plantel da raça no ano de 1976, mantendo-o a atualmente em constante processo de melhoramento genético.

A atual Embrapa São Carlos, na região central do estado de São Paulo, foi onde o programa de cruzamentos alternados entre o Charolês e raças zebuínas foi iniciado em 1940 pelo Dr. Antônio Teixeira Viana, objetivando a obtenção de animais 5/8 (62,5%) Charolês e 3/8 (37,5%) zebu e também, animais 3/8 Charolês e 5/8 Zebu. Após diversas avaliações, o esquema que dava origem aos produtos 5/8 Charolês e 3/8 zebu foi o escolhido para formar o gado Canchim, reconhecido como raça em 1983 pelo Ministério da Agricultura. Hoje, o Canchim está espalhado por todo o Brasil e o registro genealógico é conduzido pela Associação Nacional de Criadores Herd Book Collares (Pelotas/RS), assim como o Charolês.  

Fotos: ABCCAN Colaborou: Nathã Carvalho

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários