Alegretense, vítima de tentativa de homicídio, internado em UTI de Uruguaiana continua em estado grave

No domingo (23), mais uma vez, Maiara Machado, irmã do alegretense Luiz Vilmar Paim Machado, de 38 anos, entrou em contato com o PAT. A jovem disse que o trabalhador foi removido para Uruguaiana na última semana e, que devido a falta de diálogo com os profissionais de saúde, a família estava muito apreensiva. Ela chegou a fazer um desabafo pela falta de notícias concretas do quadro do irmão em Uruguaiana.

Entretanto, o novo contato foi para agradecer a todas as mensagens de carinho e dizer que o quadro de saúde do irmão é realmente muito delicado (grave). Mas ela disse que nesses últimos dois dias teve todas as respostas que procuravam e que diante o atendimento não queria ser injusta com a equipe de Uruguaiana. Luiz Vilmar saiu da área vermelha e foi para a UTI onde permanece hospitalizado.

O trabalhador foi vítima de uma tentativa de homicídio no último dia 18. Ele foi atacado e atingido com uma facada na cabeça. A agressão foi muito grave e provocou um lesão na cabeça, traumatismo craniano encefálico, que gerou um coágulo, segundo Maiara.

O homem é casado e trabalha no interior do município. Ele estava na cidade para realizar compras. Luiz é casado e têm filhos. A família mantém a rede de orações.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *