Alegretenses querem anulação da prova para concurso da Brigada Militar

Uma denúncia grave em relação ao Concurso da Brigada Militar chegou até o PAT. O empresário alegretense que foi a Porto Alegre, fez um Boletim de Ocorrência após sentir-se lesado.

Alegretense que realizou a prova do Concurso da Brigada Militar, no domingo(30), entrou em contato com o PAT e descreveu que, algumas pessoas teriam consultado informações nos celulares. O relato do jovem foi de que ele se preparou por meses para o concurso e, em grupos do WhatsApp, teria inclusive fotos de uma das candidatas com a prova.

Assim que ele chegou em Alegrete, procurou a Delegacia de Polícia e registrou um Boletim de Ocorrência.

Administrador de fazenda mata a tiro cachorro de funcionário que vai responsabilizá-lo criminalmente

“Eu e muitos outros alunos além de indignados com a situação, nos sentimos totalmente lesados. Inclusive no site deles(Fundatec), é possível acompanhar a forma “rígida” em que eles informam as consequências para irregularidades. Após a prova eu pude fazer a correção da minha. Tive uma boa pontuação mas, mesmo assim, vários se sentiram lesados com esses fatos. A intenção é que seja anulada essa prova. Pois não tem como saber com exatidão até que ponto isso foi facilitado”- descreveu.

Um outro candidato ressaltou que os celulares estavam dentro de uma sacola que é semelhante a que já viu em fruteira e que era possível abrir, já que não havia lacre.

Atitude perversa contra uma trabalhadora vai virar caso de polícia

“Olha, achei que foi uma bagunça. Uma decepção , por tudo que nos preparamos e ficamos estudando. Acredito que será cancelada essa prova, pois vários concurseiros iriam registrar B.O” – acrescentou.

Até o fechamento desta matéria, o PAT tinha sido procurado por mais de dez alegretenses que partilhavam da mesma decepção em relação ao concurso- aplicação da prova e, nas redes sociais, relatos e imagens de posts sobre o ocorrido

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários