Até a DP e Delegado são usados para extorquir dinheiro da população

A Delegacia de Polícia de Alegrete informou que pessoas mal intencionadas estão utilizando o nome da Polícia Civil e do Delegado Regional Dr. Valeriano Garcia Neto para aplicar golpes e cometer crimes por meio de aplicativos de conversa (WhatsApp).

Em síntese, os criminosos entram em contato com as vítimas utilizando perfis em redes sociais de mulheres ou homens jovens, que passam a solicitar e enviar fotos íntimas (conhecido Golpe do Nudes).

Após a troca de fotos, outro perfil entra em contato, se passando pelo Delegado e solicitando o depósito de dinheiro em contas diversas para arquivar possível investigação policial, alegando que a pessoa jovem que mantinha conversa era menor de idade.

Levantamento mapeia riscos de acidentes e aponta as ruas mais perigosas no trânsito local

A Polícia Civil de Alegrete informa que não entra em contato por redes sociais para tratar desses assuntos, muito menos cobra valores para arquivar procedimentos investigativos.

Caso alguma pessoa tenha sofrido tal golpe, a orientação é que procure a Delegacia de Pronto Atendimento e registre ocorrência.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários