Autoridades ambientais monitoram jacarés vistos próximos de casas de Santa Maria
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Cinco filhotes da espécie papo-amarelo foram vistos por moradores do bairro Jockey Club em uma sanga. Batalhão Ambiental orienta população a não se aproximar dos animais, que não oferecem risco se não forem ameaçados.

As autoridades ambientes de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, monitoram jacarés que apareceram em uma sanga na área urbana da cidade.

De acordo com moradores do bairro Jockey Club, pelo menos cinco animais foram vistos bem perto das casas. Eles destacam que crianças brincam no local e estão com medo de que os animais ataquem as pessoas e os cachorros da vizinhança.

“A gente tem medo dos bichos subirem na rua e começarem a atacar as pessoas. Todo mundo vem aqui atirar pedra, estão começando a judiar dos bichos. Daí eu tenho medo de eles começarem a se revoltar e subir aqui pra atacar as crianças, as pessoas que passam na rua, os cachorros”, diz a dona de casa Évelyn Simões.

Na tarde desta quinta-feira (14), o Batalhão Ambiental de Santa Maria e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente fizeram uma vistoria no local e estão avaliando a possibilidade de retirada dos animais.

Segundo as autoridades, eles são filhotes da espécie papo-amarelo e têm cerca de meio metro de comprimento, mas podem chegar a medir até três metros.

O batalhão orienta que as pessoas não se aproximem dos animais, e afirma que eles não oferecem risco às pessoas se não se sentirem ameaçados.

Jacarés foram vistos em sanga na área urbana de Santa Maria  — Foto: Reprodução / RBS TV

Jacarés foram vistos em sanga na área urbana de Santa Maria — Foto: Reprodução / RBS TV

Autoridades ambientais monitoram a presença dos animais  — Foto: Reprodução / RBS TV

Autoridades ambientais monitoram a presença dos animais — Foto: Reprodução / RBS TV

Fonte e crédito: G1


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •