Bruninho, um menino com a alma farroupilha

Bruno é um menino de 8 anos, que cursa o 3º ano na Escola de Ensino Fundamental Vida e dança na invernada Mirim do CTG Farroupilha.

E tanto dançou na volta do salão que foi dada a ele a oportunidade de ingressar na mesma. E ele nunca mais parou, conta a mãe Liana Godoy.

No ano de 2017, com 6 anos, participou do seu primeiro concurso Estadual, o Festmirim, na cidade de Santa Maria. Dedicado e determinado, não cansou nem mesmo quando teve que trocar as férias por longos períodos de ensaio, pois o que importava mesmo era dançar.

Neste mesmo ano, mais uma vez seguindo os passos do irmão Mateus, começou a dançar Chula e passou a participar de alguns concursos na região. Mais um amor havia sido descoberto pelo pequeno Bruno – o sapateio em desafio.

,
Em 2018 recebeu do instrutor Cláudio Melo o convite para interpretar o “Gato de Bombachas”, quando sua invernada dançou, no XXIV Festival Estadual Tradicionalista Mirim, o Reino Grande do Sul, uma homenagem aos grandes clássicos da literatura contados através da cultura e da tradição gaúcha, onde sagraram-se campeões, tanto das danças tradicionais como da coreografia de entrada.
Neste ano, Bruno participou de vários concursos de Chula, por várias cidades do Rio Grande do Sul, sem descuidar dos ensaios da invernada, onde conquistou o lugar de posteiro.

Em julho passado, participou do XXV Festmirim, onde novamente sua invernada conquistou o primeiro lugar na modalidade danças tradicionais, categoria iniciantes.
E agora no dia 03, após muito ensaio e dedicação, pisou no palco do Juvenart, na cidade de Santa Maria, acompanhando a invernada Juvenil do CTG Farroupilha, para contar a história de como foi criado o Festival, em uma homenagem à Arion e Lucca Pilla.

– A atuação dele foi simplesmente surpreendente, superando todas as nossas expectativas, contam os pais Liana e Marcos. Bruninho, como é carinhosamente chamado por todos, se fez gigante. Não se amedrontou em nenhum momento e dançou firme, com uma garra que encantou a todos.

Desde então, temos recebido inúmeras mensagens de pessoas que assistiram a apresentação e ficaram impressionadas com a atuação dele.
O amor dele pela dança nos orgulha e nos emociona, evidenciando a alma farroupilha que ele possui, fala a orgulhosa mãe.

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *