Câmara homenageia os colaboradores da FEIND nos seus 30 anos

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O prefeito Márcio Amaral foi um dos homenageados com o Diploma de Reconhecimento aos que exerceram papel de liderança na construção dos 30 anos da Feind, a Feira Industrial de Alegrete. A homenagem ocorreu através de uma sessão solene realizada na Câmara Municipal, na noite de terça-feira, iniciativa do presidente Cléo Trindade, atendendo sugestão do empresário Carlos Augusto Carús.

O plenário da Câmara esteve lotado com a presença de homenageados e pessoas influentes da comunidade. Um documento foi lido com a trajetória da Feind. O primeiro a receber o diploma de reconhecimento foi o empresário Nilton Delgado, que na época presidia a entidade mater empresarial de Alegrete. O prefeito Márcio Amaral foi agraciado, juntamente com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jesse Trindade Santos, representado pelo diretor de Inovação Tecnológica, Alex Souza. Entre os homenageados in memoriam, a prefeita Cleni Paz da Silva, através de sua irmã Zeni Paz. Em nome do prefeito José Rubens Pillar, recebeu o diploma seu filho, procurador geral do Município, José Rubens Rosa Pillar.

O prefeito Márcio Amaral enalteceu o espírito empreendedor do alegretense e disse que o empreendedorismo é algo desafiador num país com uma carga tão grande de tributos, barreiras e limitações. Sobre o resgate dos 30 anos da Feind, o prefeito ressaltou a ideia dos empreendedores que projetam o futuro no sentido de termos uma cidade melhor para a nossa população. “Esse talvez seja o grande desafio”, completou.

O presidente da Câmara Municipal, Cléo Trindade, não deixou de referir-se aos princípios que nortearam a Feind e disse que a iniciativa deve ser reconstruída. Para o vereador progressista Glênio Bolsson, o momento era de gratidão e a homenagem o resgate absoluto da história. O vereador petista Paulo Berquó enfatizou que os homenageados são homens que fazem uma cidade mais humana, ‘aqueles que preferem acender uma vela e não amaldiçoarem a escuridão’. Carlos Carús, provocador da homenagem, resumiu que a Feind é uma história que precisa ser contada. Em nome dos homenageados, falou Adão Faraco, ressaltando que cada um fez a sua parte, pelo próximo, pela sociedade, sem engrandecimentos. E que o sentimento de gratidão deve ser transmitido. O presidente do Centro Empresarial, Francisco Pedroso, lançou na ocasião o desafio pelo retorno da Feind, com mais força e um produto forte para vender a marca do Alegrete.

DPCom PMA


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •