fbpx

Cinco vereadores de Alegrete não disputam reeleição em 2020
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Dos 15 vereadores de Alegrete, cinco deles abriram mão de disputar a reeleição em 2020. A reportagem foi atrás deles para saber o motivo.

Morreu “Porto Alegre”, o chapeador de Passo Fundo de coração alegretense

A Câmara de Vereadores de Alegrete passará por renovação na próxima eleição. Dos 15 parlamentares da atual legislatura, cinco não irão concorrer no pleito do dia 15 de novembro, os outros 10 concorrem à reeleição. Em ano de eleição, a corrida pelo voto se intensifica. Diante deste cenário, dois vereadores concorrem a chapa majoritária. A vereadora Mario do Horto/PT concorre a prefeitura pelo Partido dos Trabalhadores e o vereador Rudi Pinto/PDT pela coligação com o PP. As vereadores Mirian Shure, Nivia Souza e Leoni Caldeira não concorrem nessas eleições.

Maria do Horto, conversou com a reportagem e comentou que resolveu não concorrer à reeleição como vereadora, pois assumiu a partir de uma decisão coletiva, o compromisso de ser candidata a majoritária pelo PT.

“Acredito que na vida precisamos aceitar os desafios que se apresentam para nós com esperança e coragem”, destacou a parlamentar.

Já o vereador Rudi Pinto, comentou, sempre acreditar que a política só faz sentido se for para mudar para melhor a qualidade de vida das pessoas. “Esse é o sentido da boa política”, frisou o parlamentar. “Na câmara de vereadores tive a oportunidade de conhecer de perto as necessidades e os problemas do nosso município. Mas não basta conhecer, temos que ter determinação para resolvê-los”, frisou.

Secretaria de Desenvolvimento tem agência de microcrédito para ajudar empreendedores de Alegrete

“Há 8 anos eu tive a alegria e o orgulho de ter sido eleito vereador, onde pude emprestar meu esforço e minha dedicação. No entanto, a vida pública é feita de escolhas. E tomei uma decisão de que precisava colaborar ainda mais com a minha cidade”, avaliou Rudi Pinto.

A vereadora Mirian Shure, revelou que o motivo de não concorrer à reeleição, é se dedicar mais a família, o cuidado com as pessoas que me são mais caras, destacou a vereadora em entrevista.

“Minha mãe está com 91 anos de idade, requer muitos cuidados. Quero ficar mais pertinho dela , filhos , neto,  enfim ficar mais próxima da família . Darei continuidade ao trabalho comunitário ,através das entidades que presto serviço voluntário que me realizo como cidadã, como ser humano . Não vou parar”, adianta.

A vereadora diz ter consciência que tem muito ainda a contribuir com a comunidade alegretense. “Sei que ela precisa de mim e eu dela , pois a nossa felicidade depende do nosso envolvimento coletivo . Sou muito grata a comunidade do Alegrete pela confiança depositada em meu nome, me escolhendo como sua representante no Parlamento Municipal por 5 mandatos  . Vou continuar retribuindo, disse a parlamentar.

 

Quando a empatia muda para melhor a vida das pessoas

“Tive muitas realizações através do trabalho social. . É um ciclo que se encerra, mas a vida continua e quero servir e muito,  ser muito útil ainda ao meu  amado Alegrete”, finalizou Mirian Shure.

A vereadora Nivea Souza, explicou o motivo de não concorrer a reeleição. Ela menciona que desde o seu 1º mandato, 2009/2012, sempre defendeu algumas teses eleitorais, entre as quais – fim das reeleições para um mesmo cargo.
Em seu atual mandato, 2017/2020, já havia se manifestado neste sentido, de que não pretendia concorrer à reeleição.
A vereadora revela que após o descumprimento de acordo da direção do partido, o MDB,  acabou de fora na chapa a majoritária, e diante disso, reafirmou a decisão de não concorrer nesta reeleição.

Outra vereadora que não concorre nestas eleições é Leoni Caldeira. A parlamentar falou com a reportagem e fez questão de agradecer a comunidade alegretense, que sempre esteve apoiando nos seus três mandatos como vereadora e em dois mandatos como vice-prefeita.

Saúde Mental constata: a pandemia mexeu com o emocional de muitas pessoas

A vereadora reafirma o desejo de continuar na politica. Se diz eternamente agradecida à comunidade pela confiança que lhe foi depositada nesses anos de politica. “Como sempre me dediquei a vida pública, com seriedade, trabalho e honestidade, continuarei na política. Não concorro à reeleição, para que assim nossa cidade possa trazer ao legislativo novas ideias e oportunidade a outros candidatos, aos quais sempre estarei disposta para auxiliar com minha vasta experiência no que for necessário para o melhor desenvolvimento de nosso município”, afirmou Leoni Caldeira.

Júlio Cesar Santos

 


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •