Comitê Pró-Memorial Oswaldo Aranha vai em busca de parceiros

Alegrete está pronto para homenagear um dos maiores personagens de sua história.

O prefeito Márcio Amaral, a Secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Caroline Figueiredo, os vereadores João Leivas e Cleo Trindade, o integrante do Comitê Pró-Memorial Oswaldo Aranha, Albert Pozyomick, ao lado dos empresários André Steiner, Fernando F. da Costa Lucas, e Thiago Ermano, estiveram na noite desta quinta-feira, 12/5), na Assembleia Legislativa, em audiência, para apresentar o projeto do Memorial Oswaldo Aranha, projeto arquitetônico do célebre arquiteto Oscar Niemeyer. O objetivo foi buscar apoiadores e patrocinadores para viabilizar a obra.

Vicente, de três anos, o pequeno instrumentista da Campereada

A comitiva alegretense esteve reunida com o cônsul geral de Israel em São Paulo, Rafael Erdreich, com o presidente da Fundação Israelita do RS, Sebastian Watenberg, além dos assessores dos deputados estaduais tenente-coronel Zucco, César Torres;
Clair Kuhn, Jorge Siebert, e da Casa Civil do Governo do Estado, Orvalino Kuhn.

Entre os grandes feitos de sua carreira, o político e diplomata gaúcho presidiu a Assembleia Geral das Nações Unidas, em 29 de novembro de 1947, que decidiu pela partilha da então Palestina, propondo a criação de um Estado judeu e outro árabe.

Imagens desoladoras retratam o pouco caso com o correto descarte de lixo

“Queremos que este memorial conte e reconte a história, servindo de exemplo para todos que buscam a vida pública. Tais eram as luzes deste homem, que defendia muitas décadas atrás coisas que hoje são consideradas modernas, como o saneamento básico”, recorda o prefeito Márcio, um dos principais articuladores para a criação do memorial, almejado durante décadas por diversos administradores do município.

O projeto contempla cinco espaços circulares, que representam cinco fases da carreira do diplomata: político gaúcho, político nacional, relações exteriores, Nações Unidas.
O memorial terá uma cinemateca com acervo sobre história do Rio Grande do Sul, do Brasil, e do Cone Sul, com programação permanente para atender não só o Rio Grande do Sul, mas também cidades vizinhas do Uruguai, da Argentina e do Paraguai.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários