Cpers anuncia greve se mudanças no Plano de Carreira forem levadas adiante pelo Governo

Depois do anúncio, pelo governador Eduardo Leite, de mudanças no Plano de Carreira do Magistério, todos os núcleos do CPERS do RS estão em alerta e mantendo assembléias para tão logo estas mudanças sejam protocoladas, decretar greve.

Maria Izete Paré Rhodes, presidente do 19º Núcleo do Cpers- Sindicato em Alegrete informa que a categoria aguarda o que será decidido, mas que estas mudanças vão atingir muito os professores. Ela cita o fim da incorporação das funções gratificadas nas aposentadorias de todos os servidores, fim do abono família, de R$ 44, 00 por dependente, aumento das cotas do IPÊ, dentre outros.

O plano apresentado por Eduardo Leite inclui acabar com os adicionais por tempo de serviço para o funcionalismo, pagar o piso nacional das carreiras a todos os professores e dividir a categoria em cinco níveis com seis classes.

Estamos aguardando, diz a presidente do núcleo do Cpers de Alegrete. 72 horas depois, se isso se confirmar, entraremos em greve.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *