Dançarina e trio juvenil da Escola Ballerina conquistam prêmios no FIDPOA

A Escola de Dança Ballerina colocou mais uma vez a cidade de Alegrete na vitrine da dança. O Festival Internacional de Dança de Porto Alegre – FIDPOA é um evento promovido pelo Ballet Vera Bublitz e nasceu da vontade de estimular o intercâmbio de talentos sul-americanos no cenário da dança clássica e contemporânea com o mercado internacional e de abrir portas para bailarinos, coreógrafos e professores locais dando visibilidade e qualificando a dança de forma global.

Com o grande objetivo de promover a excelência no desenvolvimento da arte da dança no estado do Rio Grande do Sul, proporcionando um evento de grande magnitudes e que pode ser apreciado por todos, participantes e público, bailarinos e apreciadores, o FIDPOA, desde sua primeira edição em 2018 se solidifica como um grande acontecimento da dança no país, tornando Porto Alegre a capital da dança entre os dias 7 e 15 de junho. O FIDPOA tem o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura e a realização do Ballet Vera Bublitz, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal.

E foi neste cenário que o trio Amplitude com as bailarinas Esther Brandolt, Nathali Magalhães e Valquíria Freitas conquistaram segundo lugar no festival que reuniu participantes do Brasil, Portugal, Argentina e Uruguai.

BALLET CLÁSSICO LIVRE Trio JUVENIL
Classificação: 2º lugar
Nota: 8.067
Grupo: Escola de Dança Ballerina
Coreografia: AMPLITUDE ( Tempo: 02:00min. )
Elenco: Esther Brandolt Goldemberg, Náthali de Assis Magalhães, Valquíria Cambraia Freitas
Alegrete – RS – Brasil
Destaque também para a alegretense Elisa Diniz que obteve grande reconhecimento através de duas bolsas de estudo. Uma para Ecola de Ballet do Rio de Janeiro- Balletarj e outra no Uruguai – Gala Estúdio de Dança.

Júlio Cesar Santos                                Fotos: Escola de Dança Ballerina (divulgação)

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *