Decio Marini lança e-book Alegrete Antigo em Fotos

O trabalho levou 18 meses e resultou em 200 fotos do Alegrete, contando um pouco da sua história através da fotografia, todas identificadas com datas e locais.

Nascido em Erechim, Décio Gotardo Marini fotógrafo profissional com 42 anos de profissão veio para Alegrete em 1973, servir o Exército no 12º BE. Em fevereiro de 1979, abriu a Stop Fotografias em sociedade com Elton Linhares.

Aos 67 anos, Decio fez um resgate da história do município através de um e-book. Intitulado Alegrete Antigo em Fotos, o trabalho levou 18 meses e resultou em 200 fotos do Alegrete, contando um pouco da sua história através da fotografia, todas identificadas com datas e locais.

Homens são presos, na BR 290, com ovelha carneada em mochilas

Capa do e-book traz em destaque a Praça Getúlio Vargas

A reportagem visitou o empresário que contou um pouco do seu recente trabalho. Na verdade ele já havia lançado um DVD em 2007, o Alegrete Antigo, que revelava fotos históricas. Com a extinção de reprodutores de DVD’S, ele resolveu fazer um trabalho mais completo e que ficasse à disposição de todos.

Susepe realiza operação de revista geral no Presídio de Alegrete

O Alegrete Antigo em Fotos é um livro em formato digital e pode ser apreciado no seu computador, tablet ou celular. São 200 fotos, retratando aéreas da cidade, praças e ruas centrais do Município. O trabalho resgata prédios antigos, casas que retratam o passado da cidade. Algumas fotos trazem até o nome das pessoas em destaque. Prédios antigos que hoje não existem mais, outros alterados em seu estilo original. As fotos foram todas recuperadas, primeiramente, no modo artesanal e, posteriormente, no modo digital.

Marini apresentou o novo trabalho que resgata a história em fotos da cidade

O idealizador contou com o colaborador Eduardo Silveira, trabalhos de digitalização de Bolívar Marini, revisão de Ruana Marini e diagramação de Saimon Pacheco da Silva. O trabalho da capa e contra-capa ficou por conta de Joice Conrad.

BM reedita mais uma ação da Operação Hoplitas e aborda centenas de carros e pessoas

Produtor ao lado do fotógrafo e parceiro Eduardo Silveira

“Nestas fotos podemos verificar as mudanças tanto na arquitetura da cidade de Alegrete, quanto nos hábitos e costumes dos alegretenses”, destaca Marini.

As informações históricas foram colhidas por Flávio Poitevin, Homero Corrêa Pires Dornelles, Carlos Alberto Peres Moojen, Jorge Augusto Peres Moonjen e Danilo Assumpção dos Santos (in memorian). Marini recorda que o trabalho iniciou quando foi contratado na época pelo Sesc para fazer fotos em preto e branco para os painéis.

Ele recebia doações de fotos antigas e reproduzia algumas com qualidades melhores. Este trabalho divulgava casa de famílias antigas e também serviu de uma exposição que o Sesc realizava.

Em 2006 com o início da digitalização o trabalho melhorou e ele pode incrementar o acervo fotográfico. A ideia do e-book não para por aí. Além das 200 fotos desse primeiro trabalho, ele revela que possui mais 500 fotos para quem sabe lançar outro projeto.

Em sua loja na General Vitorino colocou um mostruário com diversas fotos antigas, algumas ali ilustram o Alegrete Antigo em Fotos. Um espaço que o cliente ou visitante pode ver com detalhe o resgate fotográfico do município.

Na Stop é possível conferir fotos do Alegrete antigo

O e-book possui 200 fotos e 210 páginas de muita história, uma verdadeira relíquia que custa R$ 24,99 e podem ser feitas via cartão de crédito e boleto. E pode ser adquirido pelo link:

https://hotmart.com/product/alegrete-antigo-em-fotos/L61997143M

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários