Desabrigados só poderão retornar para casa após o alerta da Defesa Civil em Alegrete

Alegrete foi atingido por um alto volume de chuva nos últimos dez dias, em virtude disso, diversas famílias ficaram desabrigadas e foram encaminhadas a alguns pontos de abrigo no Município.

A reportagem do PAT entrevistou o coordenador da Defesa Civil, Renato Grande, que destacou a possibilidade de um alerta de nova inundação nos próximos dias.

O responsável também destacou que a cheia está estabilizada em Alegrete, porém, esse alerta que a pasta recebeu não deve ser ignorado.”Estamos atentos a todas situações, fomos em grande parte dos abrigos e pedimos para as famílias aguardarem o fim de semana para voltar às suas residências”, destacou o coordenador.

Aos poucos, reposição de mercadorias começa a normalizar nos supermercados de Alegrete

Grande parte das famílias está ainda nos pontos de abrigos. Cecília Machado, moradora do bairro Macedo, destacou que ainda está no ginásio do Oswaldo Aranha, pois ainda não tem os produtos de limpeza para desinfectar sua residência,”estamos aqui a mais de uma semana, quero voltar logo para casa, mas com esse alerta, devemos respeitar quem entende”, disse a alegretense.

Nível do rio Ibirapuitã: 3,14m (em declínio), nesta manhã(11), às 8h.

Pico máximo atingido: 12,80m (03/05/2024)

Total de pessoas atingidas: 510

Total de famílias atingidas: 184 Famílias

Desabrigadas atualmente: 70 – Pessoas desabrigadas atualmente: 184 Famílias

Desalojadas atualmente: 82 – Pessoas desalojadas atualmente: 247

Abrigos ativos: Ginásio IEE Oswaldo Aranha, SAAIA, Ginásio EMEB Eurípedes Brasil Milano, Quadra da Nós Os Ritmistas, IRMA, Parque Dr. Lauro Dornelles, Igreja Exército de Salvação, Igreja do Evangelho Quadrangular e Berçário Industrial Bairros atingidos: Vila Nova, Santo Antônio, Macedo, São João, Ibirapuitã, Promorar, Canudos, Tancredo Neves, Renascer, Centro, Rui Ramos e Medianeira

Contatos: (55) 3120 1065 / (55) 991589544

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários