Desafio cross em estância de Alegrete reúne turismo rural, gastronomia e esporte

O 1° Desafio Cross Olivas da Querência foi um marco no esporte alegretense. No último domingo (19), foi realizada uma prova pedestre na Estância Posto Branco, onde está localizado o olival Olivas da Querência, a 73 km de Alegrete, já no município de Rosário do Sul.

A modalidade cross proporcionou aos atletas uma sensação de liberdade ao correr livremente em terrenos naturais, com trechos repletos de obstáculos. Segundo a organização, foi uma corrida para quem tem senso de aventura. “Foi um programa para sair da rotina, desfrutando de lindas paisagens”, pontuou Laíze Machado, uma das promotoras do desafio.

Desenhista, de Goiânia, se identifica com Matteus e transforma sua arte em homenagem ao gaúcho

Cerca de 30 participantes percorreram um audacioso trajeto de 7 km, partindo de dentro do Olival até alcançar o topo do cerro batizado como “Tio Mario”, onde os desafiantes puderam observar toda a região da Serra do Caverá, desfrutando de uma paisagem exuberante e única.

Réu é condenado por esfaquear homem próximo a um piquete em Alegrete

“O percurso foi de uma natureza impar, nativa e peculiar da região do pampa gaúcho. Com pastagens nativas,circundadas de rochas, vertentes naturais, surpreendendo até mesmo corredores mais experientes”, destacou Rafaella Giacomoni, proprietária da estância Posto Branco.

Conforme Leonardo Leonardi Rodrigues, educador físico e responsável pela LS assessoria esportiva, a corrida possuía grau de dificuldade médio havendo estrada de chão, pasto alto, córregos, poças de lama, pedras, animais silvestres, espinhos, variação na inclinação do terreno com subidas íngremes, descidas irregular e vento forte.

Concluído o percurso, os desafiantes foram recebidos pelo casal proprietários da estância e idealizadores do evento Sandro Carbonel e Rafaela Giacomoni, que junto a equipe de organização proporcionou um belo e gostoso piquenique com produtos do Alegrete. O azeite extra virgem Olivas da Querência e não faltou o tradicional churrasco gaúcho, assado no fogo de chão, ao som do músico alegretense Filipi Coelho.

“Um domingo diferente e inesquecível. Quem participou aprovou e já anseia pelo próximo”, destacaram os organizadores. A próxima edição deverá ocorrer no mês de setembro.

Fotos: LS assessoria

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários