Dimorvan, um pedreiro de muitos amigos, não resistiu a um infarto e morreu aos 65 anos

Dimorvan residia com uma irmã,  companheira em assistir os jogos do seu time do coração, ele era um Colorado fanático- fala Vanessa.

Dimorvan Belhome Carvalho
Dimorvan Belhome Carvalho

Um infarto tirou a alegria contagiante do pedreiro Dimorvan Belhome Carvalho, conhecido como “Corvinho “.

Vanessa Carvalho, sobrinha do alegretense comentou que o tio amava conversar com os amigos e vizinhos da Praça Nova.

Em seus momentos de lazer,  era naquele local que ele diariamente colocava a conversa em dia com os parceiros.

Criadores da ONG Vida Urgente participaram de workshops sobre trânsito, no Emílio Zuñeda

Aos 65 anos, o infarto mudou o destino e interrompeu alguns planos. Muito conhecido por ser um profissional acima da média e ter um círculo de amizades expressivo,  nas redes sociais muitas homenagens.

Para encerrar,  a sobrinha lembra que ele sempre foi muito confiante e não deixava de fazer sua “fezinha” no jogo do bicho.

As últimas homenagens a Dimorvan estão acontecendo através da Funerária Paraíso,  na Rua Maximino Marinho, perto do cemitério. O sepultamento será as 10h30min, deste sábado (31), no Cemitério Público Municipal.

Dimorvan deixa irmãos e sobrinhos.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários