Distante da cota de atenção, Rio Ibirapuitã ainda atinge 510 pessoas em Alegrete

O nível do Rio Ibirapuitã em Alegrete aumentou 30 centímetros nas últimas 12 horas. Até o dia 13, o município registrou um acumulado de 169 mm de chuva no mês de maio, o que representa 137% da média normal para o mês.

No sábado, às 19h15min, o nível do Ibirapuitã estava 4,03 metros acima do normal, e hoje pela manhã, às 7h15min, o rio estava em 4,37 metros acima do nível normal. Conforme dados da Defesa Civil de Alegrete, o pico máximo da inundação ocorreu no dia 3, quando o rio atingiu 12,80 metros.

No município, 510 pessoas foram afetadas, pertencentes a 184 famílias. O número de desabrigados é de 92 pessoas, vindas de 31 famílias. Alegrete conta com 184 pessoas desalojadas, o que representa 62 famílias que tiveram que deixar suas casas devido à inundação do Ibirapuitã.

Discussão entre compadres termina com um esfaqueado em Alegrete

A prefeitura disponibilizou abrigos na SAAIA, Ginásio EMEB Euripedes Brasil Milano, Quadra da Nós Os Ritmistas, IRMA, Parque Dr. Lauro Dornelles, Igreja Exército de Salvação, Igreja do Evangelho Quadrangular e Berçário Industrial. A enchente atingiu os bairros Vila Nova, Santo Antônio, Macedo, São João, Ibirapuitã, Promorar, Canudos, Tancredo Neves, Renascer, Centro, Rui Ramos e Medianeira.

Segundo o coordenador da Defesa Civil local, Renato Grande, está sendo realizado o retorno das famílias desabrigadas com o apoio dos servidores da prefeitura em conjunto com o Exército Brasileiro.

Ele destaca a Campanha de Arrecadação de Doações, incluindo alimentos, água potável, material de higiene e material de limpeza, que estão sendo recebidos no Salão Nobre do Palácio Ruy Ramos – Praça Getúlio Vargas. Grande ressalta que as famílias estão recebendo assistência dos técnicos da Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social. Contatos: (55) 3120 1065 / (55) 991589544.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários