É grave o quadro de saúde do motociclista, entregador de lanche, vítima de acidente

Na noite de quarta-feira(27), um acidente na Avenida Eurípedes Brasil Miliano, deixou um homem de 62 anos gravemente ferido. O idoso que trabalha como entregador de lanche, sofreu um TCE em razão da queda da moto.

O acidente gerou muitos comentários e também polêmica em decorrência de que o causador foi um cão que estava solto na rua, ao que o PAT apurou, teria sido abandonado e invadiu a pista, sendo atropelado.

O motociclista foi socorrido e levado à UPA e, posteriormente, à Santa Casa. Na noite de ontem(28), cerca de 24h após o acidente, a reportagem obteve informações de que a vítima está internada e o quadro de saúde é muito delicado.

Morre Tawfiq Ahmad Hamed, um dos primeiros imigrantes árabes de Alegrete

Um leitor, enviou uma mensagem ao PAT, acrescentando que o idoso é um trabalhador que sempre batalhou muito e não aceitava a preocupação exagerada com o cão, poucos questionavam um auxílio ou apoio ao entregador.

“Não tenho nada contra os animais, ao contrário, tenho os meus em que cuido e sempre zelo para que nada aconteça, mas isso não pode deixar as pessoas menos sensíveis em relação aos dois lados. Na noite de ontem, vi nas redes sociais, pedidos de ajuda financeira para o cão. Eu mesmo poderia ajudar, porém, em que momento foi levantada a mesma campanha para esse senhor que estava trabalhando para o seu sustento e de sua família. Nessas horas, não há proprietário do cão, ninguém assume nada.”- desabafou.

O idoso trafegava na Avenida Eurípedes Brasil Milano em direção à empresa onde trabalha e realiza entrega de lanches. Nas imediações do cruzamento com a rua Marquês do Alegrete, teve a frente cortada pelo cão. Ele foi encaminhado pela ambulância dos Bombeiros ao hospital.

Alegretense pratica e recomenda o artesanato sustentável; veja os produtos

Os acidentes com animais soltos, cães e equinos, nas vias de Alegrete, são ocorrências que já resultaram em ferimentos graves. Em muitas abordagens o PAT já falou sobre a irresponsabilidade dos proprietários que abandonam os animais e os deixam, principalmente, os motoristas à mercê da sorte em caso de um acidente.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários