Empresa de Alegrete investe em consultoria para colaboradores atenderem surdos

A empresária alegretense Valquíria Machado, proprietária do Café Doce Lembrança, preocupada em melhor atender seus clientes de forma acessível está proporcionando um curso para os colaboradores.

funcionárias estudando a língua de sinais

O curso tem por objetivo a língua de sinais, no intuito do colaborador aprender e poder atender à clientela surda. O estabelecimento comercial prima pelo bom acolhimento dos clientes e possui rampas de acesso, banheiro acessível e agora contratou uma empresa alegretense que presta serviços de consultoria, assessoramento e comunicação, acessível e inclusiva através de tradução e interpretação de Libras, audiodescrição e esportes para pessoas com deficiência.

Chapéu Preto está em seleto grupo de artistas do MEC

Colaboradores serão aptos a atenderem clientela surda

Ministrado pela professora Josie Pillar, a consultoria reúne três funcionárias que estão participando do processo. A professora explica que é realizado uma reunião com a empresa para saber quais as principais necessidades e objetivos.

Professora Josie ministra o curso

“Se é para contratação de surdos na sua empresa ou se é qualificação dos funcionários ouvintes para atenderem os clientes surdos”, destaca Josie, que faz a interpretação de reuniões de trabalho, consultas médicas admissional.

Fotos: reprodução

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários