Falta de médicos nas ESFs deve ser suprida nas próximas semanas, prevê Secretária de Saúde

A situação da superlotação da Unidade de Pronto Atendimento tem sido uma queixa frequente, em Alegrete, além disso, também há o descontentamento de alguns usuários de postos de saúde em razão da falta de médicos.

ESF do Passo Novo será contemplado com emenda impositiva e receberá toldo de cobertura
ESF do Passo Novo será contemplado com emenda impositiva e receberá toldo de cobertura

Na semana passada, novamente, o PAT falou com a Secretária de Saúde, Haracelli Fontoura, sobre os atendimentos.

Segundo Haracelli, uma queixa sobre a ESF Nova Brasília, a falta de médico é em razão de que a profissional(médica), foi desligada do Programa Mais Médicos, há pouco mais de uma semana. Entretanto, está ocorrendo um rodízio com médicos de outros postos, pelo menos em um ou dois turnos na semana e postos vizinhos também estão atendendo as demandas.

Tentativa de homicídio por pouco não se consumou; homem foi alvejado com tiro pelas costas

No bairro Promorar há dois médicos e um deles está com problemas de saúde, por esse motivo, foi afastado em razão do tratamento. Já o Centro Social Urbano, tem atendimento todo o dia e o terceiro turno, disponibilizando 20 fichas.

Outros dois postos de saúde que também têm o terceiro turno são: Rondon e Piola.

Em relação ao questionamento feito por algumas pessoas sobre os testes Covid, a Secretária reiterou que sempre foi necessário o pedido pelo médico da ESF e no próprio posto de saúde é agendado o dia para que o paciente realize no laboratório municipal, acrescentando que a UPA não realiza o teste.

Uma boa notícia é que, nesta segunda-feira(18), será publicado o edital da contratação de cinco médicos para ESFs. Já o programa Médicos pelo Brasil contemplou Alegrete com vagas, contudo, a previsão é para início de agosto, além disso, a UPA recebeu um médico e, com isso, atualmente são três médicos atendendo a comunidade o que já deu resultado positivo em maior agilidade nos atendimentos, afirmou a Secretária.

O número continua expressivo, cerca de 250 pessoas por dia, mas com um atendimento em menos tempo diante da classificação, assim como, o reforço de quatro técnicos em enfermagem.

Homem defende mulher atacada por cães e, logo em seguida, sofre violenta agressão

“Estamos fazendo atendimentos nos postos que não tem médicos, com os médicos dos outros postos, fazemos o possível com os médicos que temos para a população ser atendida até normalizar com a contratação e chegada dos médicos do programa. A Upa já reforçamos a equipe.

Esse momento é em razão de que saíram seis médicos (40hs) pelo desligamento do programa Mais Médicos. Eu entendo a população, mas são situações que não estavam previstas e aconteceram, estamos fazendo todos os contatos e também o edital que será publicado nesta segunda para contratar profissionais”- explica a secretária.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários