Fraude no Posto Avançado do Detran Alegrete adulterou documentação de dezenas de veículos

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Alegrete. O responsável pelo Posto Avançado Detran denunciou o esquema.

Detran Alegrete
Detran Alegrete

Na manhã desta terça-feira, 13, a Polícia Civil de Alegrete, desencadeou a Operação Tranformers, buscando combater fraudes que foram realizadas dentro do Posto Avançado Detran/Alegrete. De acordo com os policiais, foram adulterados/transferidos 73 veículos de forma ilegal, utilizando-se o sistema do Detran/RS sem os devidos documentos necessários, bem como laudos necessários.

A ação foi realizada pela Polícia Civil, através dos Policiais do Setor de Investigações da 1ª Delegacia de Polícia de Alegrete, sob a coordenação do Delegado de Polícia Maurício Arruda.

Covid-19: Alegrete registra queda em casos positivos, óbitos e internações na UTI

Conforme o Delegado Maurício, o chefe do esquema é dono de uma oficina mecânica que operava em conluio com um funcionário do Posto Avançado Detran/Alegrete. Os 73 veículos retidos estão no depósito do Detran em Alegrete, que nada tem haver com o esquema, apenas recebe veículos apreendidos.

O esquema foi denunciado pela responsável pelo Posto Avançado Detran/Alegrete, que após ter ciência dos fatos, demitiu o empregado e procurou a delegacia.

Além dos operadores do esquema, da cidade de Alegrete, ainda existiam sub-operadores, atuando nas cidades de Caxias do Sul, Cachoeira do Sul, Bento Gonçalves, Arroio do Meio e Santana do Livramento.

Todos os veículos envolvidos, estão com restrições junto ao sistema do Detran, ou seja, não poderão ser transferidos/vendidos e serão periciados. Tal fraude abrangeu 18 cidades do estado do Rio Grande do Sul, e a Polícia Civil espera aprofundar as investigações.

Fonte: DP- Alegrete. Foto: imagem meramente ilustrativa

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários