Geloteca do Coletivo é furtada da Barros Cassal nesta madrugada

Após o Portal Alegrete Tudo divulgar o mais novo projeto do Coletivo Multicultural, a Geloteca que ofertava livro grátis 24 horas por dia foi furtada de frente do espaço cultural de Alegrete.

 

Segundo informações, a geladeira foi furtada nesta madrugada e na ação os livros foram deixados esparramados em frente a casa onde funciona o coletivo.

Decorada pelos artistas plásticos Bolivar Marini e Claudemir Nery, sob a orientação de Célio Pedroso, a Geloteca funcionava 24 horas por dia, distribuindo livros gratuitamente para a comunidade alegretense. O projeto é simples e criativo. Utilizava uma geladeira velha, customizada para chamar a atenção das pessoas e quando aberta, disponibiliza livros diversificados recebidos por doação. As pessoas retiravam, trocavam, podiam ler no local, doar e devolver a obra, como única regra. Todos os livros são registrados no Bookcrossing, projeto de libertação de livros iniciado no ano de 2013 em Alegrete.

Segundo Paulo Amaral do Ponto de Cultura Coletivo Multicultural de Alegrete, o lançamento do projeto ocorreu no último dia 23. “É projeto sócio-cultural. A Geloteca, é uma iniciativa que existe no mundo inteiro voltada à democratização do livro e da leitura. Agora nos deparamos com essa triste situação”, desabafa Amaral.

Na segunda-feira o Coletivo recebeu uma farta doação de livros infantis para somarem no projeto da Geloteca, que foi furtada nesta madrugada de terça-feira da rua Barros Cassal.

Quem tiver qualquer informação deve entrar em contato com a Polícia Civil (3422-4525) ou Brigada Militar (190), sigilo absoluto.

Júlio Cesar Santos                                    Fotos: reprodução

Compartilhe
  • 1.9K
  •  
  •  
  •  
  •  
    1.9K
    Shares