Gesto de altruísmo e empatia devolve idosa à família

Uma linda história para o dia que é dedicado à amizade, consequentemente ao amor pelo seu semelhante.

Gesto de altruísmo
Gesto de altruísmo

Descreveu o poeta e dramaturgo Victor Hugo – “a cada ato de altruísmo que realizo, sinto que o significado da vida se resume em proporcionar o bem-estar do outro, porque meus erros e pecados, repentinamente, tornam-se menores, e meu coração fica leve e com vontade de ajudar mais ainda quem necessita de auxílio. Mas, o melhor de tudo isso, é a pureza que invade a minha alma após solidarizar.”

Assim, a melhor opção sempre será o amor ao próximo. E foi isso que a reportagem do PAT constatou na tarde de do dia 20, ao ir na Delegacia de Polícia de Alegrete.

Pesquisa mostra acentuada queda de novos casos de Covid, mas mortes continuam

Lá, uma senhora estava aguardando um familiar, ela chegou à DP depois de ser encontrada por duas cidadãs, em via pública, que perceberam que ela estava perdida. A forma correta que as mulheres agiram demonstra a solidariedade e empatia. Elas, acertadamente, encaminharam a idosa que estava com confusão mental até a Delegacia onde foi acolhida pelos policiais civis que iniciaram através do sistema integrado buscar informações até que chegaram aos familiares da senhora.

Com uma expressão assustada, ela disse à reportagem que havia saído de casa para ir na casa de uma amiga, mas não havia encontrado o endereço, desta forma, apenas lembrava o próprio nome, que residia na Zona Leste, sem conseguir precisar o local correto e o primeiro nome de uma irmã.

O semblante assustado, clamava por ajuda e ali, depois de ter sido gentilmente acolhida por duas desconhecidas em via pública, a idosa encontrou a proteção que precisava naquele momento e, desta forma, depois de algumas pesquisas, os policiais chegaram aos familiares que foram à delegacia.

A irmã da idosa disse que isso teria acontecido de forma semelhante algumas vezes e que ela teria saído sem que eles percebessem. Mas o que fica desse episódio é a benevolência e a forma humana e correta que inicialmente começou com as mulheres que a conduziram até a Delegacia para que assim, a idosa pudesse retornar em segurança para sua família.

Idosos e crianças são sempre uma caixinhas de surpresa. Eles podem passar por situações muito delicadas como essa, de saírem de suas casas sem que alguém perceba. Todo cuidado atenção e sagacidade de quem encontrar alguém que possa estar precisando de ajuda são fundamentais. Uma linda história para o dia que é dedicado à amizade, consequentemente ao amor pelo seu semelhante.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários