Goleiro alegretense é emprestado ao Siderúrgica e vai disputar o campeonato mineiro

O atleta alegretense Victor Oliveira encerrou seu vínculo com o Esporte Clube Novo Hamburgo no final de 2023. Com a família residindo em Minas Gerais ele foi curtir as férias com os pais e a irmã e recebeu uma proposta para permanecer por lá.

O goleiro acabou acertando sua permanência em Minas Gerais e desde janeiro integra o Itabirito SAF. O clube surgiu em 2022 e é o atual campeão do Módulo II do Estadual, a equipe é o caçula do futebol mineiro. Clube com apenas dois anos de existência, irá disputar a elite do Campeonato Estadual de 2024 na segunda temporada de existência da equipe. O CEO do Gato do Mato, Maycon Pereira, falou sobre essa recente história do time. O diretor do Itabirito, comentou que houve parceria com a prefeitura da cidade, terra natal de Telê Santana.

Equipe de várias cidades, incluindo Alegrete, trabalha na limpeza e reorganização de cidades atingidas pelas cheias

Victor foi emprestado pelo Itabirito ao E.C Siderúrgica para disputar o campeonato mineiro módulo II, e tem cedência até o final do ano, depois retorna ao Itabirito. O goleiro de Alegrete já está em treinamento, para preparação visando o campeonato mineiro que inicia no dia 1° de junho. Victor conta que sua estréia será contra o Nacional.

Marido clama por ajuda para encontrar mulher desaparecida em Alegrete

O Esporte Clube Siderúrgica, mais conhecido como Siderúrgica, é da cidade de Sabará e dono do Estádio Eli Seabra Filho, também conhecido como Praia do Ó, tem como mascote uma Tartaruga (criação do cartunista Fernando Pierucetti, o Mangabeira, por encomenda do jornal ‘Folha de Minas’, em 1943 e ostenta como suas cores, o branco e o azul.

Conquistou duas vezes o Campeonato Mineiro de Futebol, com o título de 1964 marcando tanto o último torneio antes da inauguração do Mineirão como o último de um time fora de Belo Horizonte até a década de 2000.

Por um longo período, Siderúrgica havia encerrado as suas operações, isso desde 1967, após perder o patrocínio da Belgo-Mineira. O clube tentou retornar ao cenário do futebol profissional de Minas Gerais em 1993, 1997, 2011, 2012, 2015 e 2016, jogando as divisões inferiores, mas não obteve o acesso em nenhuma oportunidade.

Fotos: acervo pessoal

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários