Já faltam medicamentos básicos na Farmácia Municipal

Outro setor que sofre com a logística para receber produtos é o da Farmácia Municipal gerida pela Secretaria da Saúde de Alegrete.

Sem a entrega regular de medicamentos básicos que são dispensados mediante receita a pacientes do SUS, já começam faltar alguns remédios, conforme informação da Secretaria da Saúde.

Mesmo com os esforços para restaurar trechos, cabeceiras de pontes que foram levadas pelas águas, as dificuldades de transportes continuam no Estado. E com isso, acontecem os atrasos na chegada de alimentos, medicamentos, combustíveis, dentre outros produtos aqui para o Município. A Secretária lembra que as fábricas dos medicamentos básicos da Farmácia Municipal são em Porto Alegre, que está com grande parte de sua área alagada, sendo um agravante para produção destes produtos.

Erva-mate está 15% mais cara em maio

Com restauração emergencial do Km 132 na Br 290, que cedeu com a força da correnteza, somente para passagem de veículos essenciais, a esperança é que, aos poucos, o abastecimento começe a ser normalizado pricipalmente para a região Fronteira Oeste.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários