Jorge Henrique marca e Inter vence o Palmeiras no Pacaembu

Colorado bateu o time paulista por 1 a 0 após duas derrotas seguidas no Brasileirão

 inter111
O Inter recuperou após duas derrotas seguidas no Brasileirão e bateu o Palmeiras por 1 a 0 no começo da noite deste sábado no Pacaembu. Jorge Henrique, que foi uma das surpresas de Abel Braga na escalação, correspondeu e marcou o gol da vitória aos 20 minutos do primeiro tempo. Com o resultado, o Colorado vai a 34 pontos e retoma a vice-liderança do Campeonato Brasileiro. Com 17, o time paulista corre o risco de volta para a zona de rebaixamento no andamento da rodada. Pelo Brasileirão, o Inter volta a campo no domingo, 1º de setembro, quando recebe o Figueirense no Beira-Rio pela última rodada do primeiro turno. Antes disso, o time de Abel Braga tem o confronto de volta da Sul-Americana diante do Bahia, na quinta, às 22h, em Salvador.
O jogo
Sem fazer gol nos últimos três jogos, o técnico Abel Braga mexeu no setor ofensivo do Inter no Pacaembu. Jorge Henrique e Eduardo Sasha entraram na equipe com Alex e Valdivia indo para o banco. A ideia de dar mais velocidade ao time deu certo no primeiro tempo.
Nos primeiros minutos, o Inter imprimiu um ritmo intenso mesmo atuando fora de casa. A primeira chance de gol veio aos 12 minutos quando Jorge Henrique chegou a pôr a bola para o fundo das redes, mas o lance foi parado porque Rafael Moura havia tocado com o braço na bola. Em seguida, Abel teve que mexer no time. Cláudio Winck sentiu lesão e deixou o gramado para a entrada de Gilberto.
E em um lance parecido com o do gol anulado, o Inter abriu o placar no Pacaembu. Aos 20 minutos, Dida deu o balão, Rafael Moura desviou de cabeça e Jorge Henrique apareceu dentro da área para empurrar na saída de Fábio e marcar, 1 a 0.
Logo após o gol, Aránguiz teve grande chance para marcar o segundo, mas, livre na área, finalizou fraco para defesa de Fábio. Depois disso, pouca coisa aconteceu na parte final do primeiro tempo. O Palmeiras saiu para o jogo em busca do empate, mas abusou dos erros e não conseguiu levar perigo para Dida. No último lance do primeiro tempo, o Inter teve a chance em contra-ataque puxado por Sasha, mas Jorge Henrique bateu para defesa do goleiro alviverde.
O Palmeiras voltou para o segundo tempo com o uguruaio Eguren no lugar de Leandro. No Inter, Abel manteve a mesma equipe da primeira etapa. A mudança de Ricardo Gareca deu mais de qualidade ao meio-campo do Alviverde, que passou a pressionar mais que no primeiro tempo.
Com a vantagem, o Inter apenas se defendeu nos primeiros minutos do segundo tempo. E fazia bem até os 15 minutos, quando Mouche cruzou da esquerda para Cristaldo, que teve toda a liberdade para subir e cabecear. A sorte colorada foi que o argentino cabeceou no centro do gol onde Dida, bem colocado, fez a defesa. 
Três minutos depois, o Inter sua primeira chance na segunda etapa. E foi uma grande oportunidade. Após escanteio, Aránguiz e Rafael Moura puxaram o contra-ataque contra apenas um marcador, mas o chileno falhou no domínio e foi desarmado.
Abel Braga fez a segunda mexida no time aos 25. O garoto Leandro entrou no lugar de Eduardo Sasha, de atuação apagada. No Palmeiras, Pablo Mouche, que vinha levando perigo pela esquerda, saiu para a entrada de Bruno César. As mudanças foram favoráveis ao Inter que melhorou na parte final do segundo tempo.
Aos 28, Jorge Henrique fez uma bela jogada pelo lado esquerdo e bateu cruzado para Rafael Moura, que deu o carrinho, mas chegou atrasado perdendo a chance para definir a partida. Autor do gol e de boa atuação na partida, Jorge Henrique sentiu o desgaste do jogo e deixou o campo aos 33. Em seu lugar entrou Alan Patrick.
O Palmeiras teve uma boa chance aos 39 minutos em jogada de argentinos. Cristaldo ajeitou para Allione, que soltou a bomba e mandou por cima do gol de Dida uma bola que assustou a torcida colorada. E terminou assim no Pacaembu: Palmeiras 0 x 1 Inter.
Campeonato Brasileiro – 18ª rodada
Palmeiras – 0
Fábio; Eldinho, Wellington, Lúcio e Juninho; Allione, Mendieta (Felipe Almeida) e Marcelo Oliveira; Pablo Mouche (Bruno César), Leandro (Eguren) e Cristaldo.
Inter- 1
Dida; Cláudio Winck (Gilberto), Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Wellington, Aránguiz, Jorge Henrique (Alan Patrick) e Eduardo Sasha; Rafael Moura
Gols: Jorge Henrique (20min/1ºT);
Cartões amarelos: Mendieta, Eguren (PAL); Rafael Moura, Paulão, Gilberto (INT)
Ábitro: Ricardo Marques Ribeiro
Auxiliares: Marcio Eustaquio Santiago e Guilherme Dias Camilo
Local: Estádio Pacaembu, em São Paulo (SP)
 
Fonte: Zero Hora
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *