Kangas moto clube se mobiliza e coleta sangue para o Hemocentro

Durante três dias, integrantes do Grupo moto clube kangas, estiveram mobilizados em prol de salvar vidas.

A iniciativa foi uma campanha para doar sangue e reforçar o estoque do Banco de Sangue de Alegrete e da região, que sempre necessita do apoio de pessoas dispostas a ajudar.

Em Alegrete, o Hemocentro Regional atende o Município e mais seis hospitais da Região e, por isso, precisa que os doadores participem e façam a sua doação, visto que a necessidade dos pacientes, que necessitam deste gesto de amor e solidariedade ao próximo, é diária.

Além das ações voluntárias e doações de alimentos, campanha do agasalho, doação de brinquedos e tantas outras, o grupo também organizou a campanha para doação de sangue.

Dezenas de pessoas foram, dentro de todos os protocolos, até o Hemocentro em Alegrete durante os dois dias. Não só os motociclistas, mas amigos e conhecidos. Essa ação reforça o pedido do Hemocentro de Alegrete para que as pessoas mantenham as doações.

A doação de sangue é um gesto humanitário, de cidadania, amor ao próximo e bem-estar coletivo. É comum que as pessoas tenham iniciativas com a necessidade de sangue para si ou algum familiar, porém, esse hábito precisa mudar.

Uma única doação de sangue, dura poucos minutos, e é suficiente para salvar várias vidas.

Para o Vice Presidente do Grupo Kangas, Tiago Tâmara, foi mais um evento com êxito, um ato de amor às vidas e ao próximo. “Tivemos sucesso com nossos voluntários, a doação mesmo com contra tempos, como chuva, alguns doadores resfriados entre outros, foi um sucesso.

Os dias de campanha foram 24 e 26 de maio, porém, na sexta, ainda tivemos muitos amigos doando, e semana que vem, alguns que estavam resfriados retornam. O número inicial, estimado, era de 15 doadores, sendo que cada um dos novos integrantes do moto clube deveria trazer pelo menos três voluntários, porém, ultrapassamos os 30 doadores. Sem contar os que ainda virão durante a semana que vem, mostrando que a união faz a força.

Essa campanha é só o início de várias outras, e quem sai ganhando somos nós, pois doamos vida e recebemos gratificações pessoais, em poder ajudar ao próximo. Fica o agradecimento aos integrantes do moto clube, aos moto clubes parceiros, motociclistas, amigos e colaboradores e, em especial a equipe do hemocentro, pela parceria nessa campanha”- conclui.

Sobre o grupo:

O clube foi uma ideia de dois amigos que já pertenciam a outros clubes, Ricardo Ferreira e Tiago Tâmara, porém, eles queriam algo diferente, que tivesse regras e, ao mesmo tempo, que pudessem fazer a diferença na sociedade, ajudando ao próximo, realizando algo pela cidade e pela população – destacaram.

Mesmo assim, sem deixar de curtir passeios de moto, as junções, entre outros. Então reuniram estatutos de clubes renomados no meio motociclista e fundaram o kangas moto clube 11, baseado no motociclismo raiz, old school e em algumas regras militares, pois ambos foram militares, tanto Ricardo (Cabo do exército) e Tiago (Tenente R2). O clube foi fundado em 11 de novembro de 2020.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários