Morre cão atropelado: solidariedade de adolescente contrasta com falta de empatia do motorista

Morreu nesta quarta-feira (15) o cão que foi atropelado no final da tarde de ontem (14) no bairro Nova Brasília, próximo a Praça da Juventude, Avenida Caverá em Alegrete.

Apesar dos esforços para salvar sua vida, o animal não resistiu. O cão foi socorrido por um adolescente residente nas proximidades do local do acidente. Nathan, ao ouvir o barulho do impacto, saiu de casa e encontrou o cão em estado de sofrimento. Ele agiu rapidamente em busca de ajuda, contatando inicialmente a Guarda Municipal, que enviou um veterinário, do canil, para avaliar a situação. Infelizmente, devido à gravidade das lesões e hemorragias, o animal não sobreviveu e morreu neste início de noite.

Condutor de S10 avança preferencial e causa acidente; motociclista fica ferido

O motorista responsável pelo atropelamento não prestou socorro e ainda não foi identificado. Destaca-se a solidariedade demonstrada pelo adolescente, que tentou salvar a vida do animal diante da falta de empatia do condutor. Até o momento, não há informações sobre a existência de um tutor para o cão, uma vez que este também não foi localizado.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários