Morreu a funcionária pública que fez campanha para ser removida para Santa Maria

Morreu na noite de ontem (11), a funcionária pública municipal, Neide Ferreira Garcia, aos 63 anos.

Ela lutava contra um câncer e estava hospitalizada há mais de 15 dias no hospital Astrogildo de Azevedo em Santa Maria.

Neide era funcionária pública há 36 anos. Destes, muitas décadas trabalhou no banheiro da Praça. Ao sair em férias, a alegretense passou a ter problemas de saúde, a situação se agravou e ela passou a fazer hemodiálise em razão de problemas num rim. Entretanto, ficou um mês  hospitalizada na Santa Casa de Alegrete depois de ter dificuldade de caminhar e o diagnóstico apontar um câncer nos ossos. Diante dessa informação, a família passou a buscar tratamento especializado e soube que em Santa Maria, no hospital Astrogildo de Azevedo, ela teria o recurso que tanto necessita.

Foi neste momento, que a empatia e a solidariedade fizeram a diferença.

Depois da veiculação, no PAT, em que a família fez uma “Vakinha” para realizar o translado, a solidariedade de Rodrigo dos Santos, que trabalha com transporte em ambulâncias na cidade de São Francisco de Assis, comoveu a família e quem acompanhava o caso. Ele realizou o translado gratuitamente.

O dilema à época foi em razão do plano do IPE. A remoção pelo Município só acontece através do SUS, mas o médico em Santa Maria atende pelo convênio. Sem recursos para o translado particular a família realizou a campanha.

A família agradece a todos pelo auxílio neste momento difícil. As últimas homenagens serão realizadas na Funerária Angelus.

Obituário: Neide Ferreira Garcia – 63 anos – 11/10/2019

Flaviane Antolini Favero

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *