Mulher confessou aos PMS que foi agredida pelo companheiro; no depoimento negou tudo

Brigada Militar foi acionada por um morador, não identificado do Passo Novo, sob a denúncia de uma violência doméstica.

Delegacia de Polícia
Delegacia de Polícia

No endereço, os policias fizeram contato com o casal, ambos, com lesões e, depois de identificados foram encaminhados à UPA de Alegrete onde passaram por atendimento médico.

Na sequência, o casal foi levado à Delegacia de Polícia de Alegrete onde a mulher disse aos policiais civis que não tinha sido agredida pelo companheiro. Ela alegou que o acusado havia saído de casa e quando retornou precisou de ajuda para entrar em casa e, ao auxiliá-lo teria caído, por esse motivo ficou com as lesões. A mulher ainda argumentou que o companheiro poderia ter sido vítima de alguém, já que teria muitos desafetos no local onde reside e suspeitava que alguém poderia ter colocado alguma droga em sua bebida. Na DP, a mulher negou de forma veemente que tivesse ocorrido alguma agressão.

Novo bloco cirúrgico da Santa Casa vai desafogar a grande demanda de Alegrete e Região

Entretanto, os policiais militares destacaram na ocorrência que, ao chegarem na casa a vítima teria informado que havia sido agredida e que queria representar contra o acusado, relato que foi completamente alterado em seu depoimento quando chegou à DP. Desta forma, sem querer representar e negando qualquer violência doméstica, o casal foi ouvido e liberado. O fato ocorreu no último final de semana(12), no Passo Novo.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários