Mulher denuncia o companheiro por querer matá-la e, aos gritos, vai ao Plantão para liberá-lo
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Na última semana, durante o atendimento de uma ocorrência policial realizada pela Brigada Militar que apresentava na Delegacia de Polícia de Alegrete, um homem, que até então,  tinha sido acusado pela companheira de que ele queria mata-la com uma faca, a vítima invadiu o local muito alterada.

A mulher, aos gritos, questionou os policiais civis o motivo que o companheiro tinha sido levado à delegacia de Polícia.  Foi explicado que a Brigada Militar foi acionada e ela relatou que o companheiro a estava ameaçando de morte com uma faca.

A  mulher, alterada e gritando muito alto, xingou os policiais e acrescentou que tinha sido uma briga de casal. Entretanto, ela teria sido a responsável por chamar a polícia.

 

Observando que a mulher estava muito alterada, o companheiro também passou a gritar e ofender os policiais.

Foi necessário solicitar que a mulher se retirasse da DP para que os policiais pudessem concluir a ocorrência e o homem fosse liberado. O registro foi feito como desacato.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •