Nicolas, o alegretense que encontrou no esporte uma nova vida

O alegretense Nicolas Fortes dos Santos tem 14 anos e descobriu no esporte um impulso para superar um princípio de depressão.

Nicolas Fortes dos Santos

O filho de Claúrio Castro dos Santos e Ana Paula Oliveira Fortes, nasceu com Mielomeningoncele, doença que comprometeu o desenvolvimento motor dos membros inferiores.


Aluno assíduo da EMEB Lions Club, foi aprovado para o 9º ano. Nicolas aproveitou uma demonstração de basquete em cadeira de rodas que a escola promoveu e se interessou pela modalidade.

Mãe destaca ajuda de professores para filhos continuarem estudos após perda de irmã por COVID

Cada aluno poderia participar da dinâmica, a mãe Ana Paula foi convidada para assistir a demonstração. Ela conta que desde aquele momento o Nicolas viu e assimilou que poderia ser algo proveitoso.

E foi, o caminho para o esporte ajudou na sua socialização, apesar de ser um menino tímido, ele esbanja vitalidade em quadra. A mãe comemora: Foi um momento importante pois ele estava entrando em depressão.

Nicolas frequenta academia para manter condicionamento físico

Não é para menos, Nicolas foi medalhista de ouro com a seleção gaúcha de basquete 3×3, nos Jogos Escolares, as Paralimpíadas em São Paulo no ano passado e foi uma vitória e tanto do guri que iniciou timidamente carregando uma bola de basquete na cadeira de rodas.

Nicolas em quadra

Confira os principais trechos da entrevista que Nicolas concedeu à reportagem do Portal Alegrete Tudo nesta semana:

Portal: Do momento que tu participou da demonstração de basquete em cadeira de rodas, qual a principal mudança que tu podes destacar?
Na verdade, eu fiquei encantado com aquilo tudo. Saber que eu era capaz, me ajudou na socialização e até mesmo na saúde física e mental.

Nicolas com a seleção gaúcha de basquete 3×3

Portal: Acessibilidade é muito importante para a locomoção de um cadeirante. Qual o maior obstáculo enfrentado em Alegrete ?
Olha, as calçadas, ruas, os estabelecimentos que não têm rampas de acesso e até no transporte público que já teve pauta no portal. São essas dificuldades encontradas no dia-a-dia.

Portal: O que tu pedirias para os governantes melhorarem na cidade na área de acessibilidade ?
Exatamente o que te falei. Ruas, calçadas,melhorar o transporte. Criar uma lei que obrigue o comércio ter acessibilidade. Por inúmeras vezes nós ficamos frustrados, eu e a mãe, por não poder entrar em alguns lugares.

Nicolas na homenagem que o município prestou ao campeão

Portal: Na cidade temos dois atletas de basquete em cadeira de rodas. Inclusive disputam competições para equipes de outras cidades. – Em sua primeira participação nas paralimpíadas escolares em São Paulo tu já foi ouro, pensas em seguir jogando basquete ?
Claro, sempre procurando melhorar meu desempenho e evoluir como pessoa.

Nicolas 4 Já sonha com o bicampeonato

Qual é a rotina do medalhista Nicolas em pleno verão alegretense ?
Ainda não iniciaram os treinos com a equipe da Associação Esporte para Todos. Mas tento manter o condicionamento físico frequentando a academia. Em casa procuro olhar TV e ficar bem acomodado.

6 – Qual é o teu desejo para 2022 ?
Continuar treinando, participar de outras competições e quem sabe trazer o bicampeonato nacional nas paralimpíadas escolares.

Nicolas com o prêmio em São Paulo

Portal: Além do basquete o que tu curtes mais ?
Tô sempre assistindo programas esportivos em geral. Gosto mesmo em especial de futebol e basquete.

Portal: Qual é a mensagem do Nicolas para a juventude alegretense ?
Corra atrás dos seus sonhos, se tu podes sonhar, também podes realizar.

Nicolas com os pais

Fotos: Acervo pessoal

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários