Novos casos colocam a dengue nas prioridades de prevenção da doença no município

A operação conduzida pela Secretaria de Saúde, através da Vigilância Ambiental em Saúde (Vetores), ganhou destaque nesta manhã com a implementação de medidas assertivas para conter a propagação do Aedes aegypti no Bairro Progresso.

Utilizando o nebulizador costal motorizado UBV, a equipe realizou um bloqueio de transmissão crucial para eliminar os focos de reprodução do mosquito transmissor da dengue.

Descarte irregular estava formando um novo lixão na Eurípedes

O acionamento rápido dessas ações foi motivado pela confirmação de casos de dengue no município, com três ocorrências já registradas. Entre elas, destaca-se a particularidade de dois casos terem sido adquiridos fora da cidade, evidenciando a importância da vigilância e controle não apenas localmente, mas também em relação aos deslocamentos dos residentes.

Agressor se mostrava valente e corajoso até perceber que a BM estava a caminho

Conforme informações da Secretaria de Saúde, Alegrete soma até o momento cinco casos confirmados de dengue importados, reforçando a necessidade de medidas preventivas por parte da população. Em comunicado, a secretária de saúde, Haracelli Fontoura, ressaltou a relevância da colaboração de todos no combate à proliferação do mosquito. Medidas simples, como a limpeza diária de recipientes que acumulam água, o adequado armazenamento de pneus e a manutenção das caixas d’água são fundamentais para interromper o ciclo de reprodução do Aedes aegypti.

A mobilização da comunidade é vital nesse cenário, e a Secretaria Municipal de Saúde enfatiza seu compromisso em garantir o bem-estar coletivo. Esta iniciativa representa mais um esforço da equipe da secretaria na busca pela qualidade de vida dos habitantes da cidade, evidenciando o engajamento contínuo na prevenção de doenças transmitidas por vetores.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários