O hábito de mascar chiclete é bom ou ruim?

Recentemente, uma universidade da Inglaterra fez um experimento com seres humanos e constatou que, quando mastigamos várias vezes o chiclete, os mecanismos do cérebro responsáveis pela memorização são ativados e os batimentos cardíacos são aumentados.

O hábito de mascar chiclete é bom ou ruim?
O hábito de mascar chiclete é bom ou ruim?

Segundo pesquisas que visam mostrar os benefícios e os malefícios do chiclete para a saúde, o ato de mascar chiclete auxilia na perda de calorias e promove um aumento no fluxo de saliva, o que contribui para a diminuição da produção de ácidos que causam a cárie.

Por outro lado, pesquisadores reiteram que a mastigação deste alimento não deve ser feita como a primeira refeição do dia, pois a produção do suco gástrico – líquido claro produzido pelo estômago que atua sobre as proteínas – quando não estamos ingerindo alimentos, favorece o processo de gastrites e úlceras.

Com relação à saúde bucal, especialistas em odontologia, em entrevista ao UOL VivaBem, comentaram a respeito dos fatores que precisam ser considerados quando o assunto é a saúde dos dentes. De acordo com Andréa Lusvarghi Witzel, professora da Faculdade de Odontologia da USP, o chiclete que possui açúcar em sua fórmula pode contribuir para a formação de cárie, caso o indivíduo não escove os dentes adequadamente.

Além disso, Andréa destaca que as versões sem açúcar auxiliam no controle da cárie na medida em que aumentam a salivação que faz com que o pH bucal aumente. No entanto, apesar de o chiclete sem açúcar ser estudado como uma alternativa adicional para prevenir lesões de cárie, ainda não há evidências científicas que comprovem sua eficácia, conforme afirma Juliana Feltrin de Souza, docente de odontopediatria da UFPR e presidente da Associação Paranaense de Odontopediatria.

Já sobre o mau hálito, especialistas declaram que o chiclete sem açúcar pode contribuir para a sensação de frescor na boca e possibilitar aumento da salivação, mascarando, mas não tirando o mau hálito. Isso porque o cheiro ruim exalado pela boca pode ter muitas causas, como: má higiene dos dentes e língua, presença de lesões de cárie com comprometimento da polpa dentária, próteses mal adaptadas, problemas gastrointestinais, fumo, bebidas alcoólicas, entre outros.

João Baptista Favero Marques

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários