Pai e filho são presos por furtar cavalo do Potreiro da Prefeitura

Pai e filho são presos, por furto de um cavalo, no Potreiro da Prefeitura de Alegrete.

Na tarde de sexta-feira(18), o diretor da Guarda Municipal, Ângelo Tertuliano, foi comunicado por um vizinho do local que três indivíduos estavam no potreiro e teriam retirado um cavalo do local. Eles saíram do local, no corredor dos Papagaios, e estavam em deslocamento para a cidade.

 

Diante da informação, os guardas municipais acionaram a Brigada Militar e se deslocaram em direção ao local. Na estrada da Bras Faraco, cerca de 1KM do potreiro, o trio foi abordado e identificado. O homem de 52 anos vulgo Chorinho estava acompanhado dos filhos de 20 e 16 anos. Quando foram questionados sobre a retirada do animal do potreiro, sem autorização e pagamento das taxas, o homem disse que a Polícia civil o teria autorizado, o que não é procedente. Eles ainda tentaram justificar que o animal teria sido furtado e por esse motivo poderiam retirá-lo. Contudo, o cavalo foi recolhido pelos guardas municipais da via pública em uma das operações de recolhimento de animais.

Pai e filhos foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Alegrete. Em contato com o Delegado Regional e responsável pela DPPA, Valeriano Neto, foi determinado flagrante por furto qualificado para o pai de 52 anos e o filho de 20. Já o menor foi liberado na presença de um responsável.

Depois de ouvidos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Alegrete.

Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *