Pais de gêmeos prematuros de Rosário do Sul batizam filhos na UTI Neo de Alegrete

A rotina da UTI Neonatal é de um trabalho dedicado que envolve atenção e cuidados extremos com prematurinhos aqui de Alegrete e de outras cidades  da região.

A emoção permeia cada ato e no dia 2 aconteceu

,pela primeira vez, algo diferente e que emocionou a todos.  Os pais de dois meninos gêmeos que nasceram com oito meses- o Paulo Natanael e o João Gabriel, de Rosário do Sul, em gratidão, resolveram fazer o batizado de seus filhos dentro da Neo.

Os pais Márcio e Juliana lfelizes com os cuidados e evolução dos pequenos decidiram batizar seus filhos. E toda a equipe presenciou e apadrinhou estes pequenos.

– Não esperávamos e, de repente, nos vimos com eles no colo abençoando estes anjos que estão aqui para ganhar peso e sair saudáveis para junto de suas famílias, comentou a Dra Marilene Campagnolo chefe da Neonatal.

Márcio de Mello Massieres conta o que a mulher passou quando estava no hospital em Rosário do Sul, em uma cama maca, sem ninguém por perto e ganhou o primeiro o menino às 22h 37 min. do dia  7 de novembro. – Ele estava caiando e Juliana o segurou antes de chegar ao chão, sendo uma mãe guerreira, explica o pai. Este nasceu com dificuldade de respirar e foi entubado. Foi aí que o pai lembrou de pedir socorro para trazer para Alegrete, já que ela se tratava aqui com a Dra. Lívia Perez.

O Gabriel só nasceu às 23h de cesariana, diz a mãe, e neste meio tempo estavam se virando pela UTI móvel que veio de Santana do Livramento trazer os prematuros para Alegrete, na madrugada do último dia 8 de novembro.

O atendimento e dedicação da equipe da Neo fizeram o pai ter a ideia de batizá-los na unidade e convidar a Dra Marilene, enfermeira, assistente social, psicóloga para serem madrinhas.  -O carinho e o atendimento daqui é algo que merece todo o destaque, diz o casal- não tem explicação.  Esta UTI é referência para o RS e o Brasil, atestam.

Enquanto não estão no Hospital ou na unidade canguru onde o Paulo Natanael está, porque já não precisa de cuidados extremos, estão  com o João  Gabriel. O casal fica na Casa de Passagem onde também elogiam o atendimento.

-As três palavras que norteiam minha vida: Amor, Fé e Esperança diz Márcio de Mello que ao saber que havia dois leitos aqui dobrou os joelhos agradecendo a Deus por esta providencia “que salvou nossos gêmeos”, diz emocionado o pai dos bebês.

Os pais aguardam o João Gabriel sair da UTI para retornar com os dois para casa em Rosário do Sul, onde duas meninas do casal- de 7 e 5 anos estão com a avó materna já há quase um mês, desde que eles praticamente se mudaram para Alegrete para acompanhar os seus gêmeos prematuros.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  • 2.7K
  •  
  •  
  •  
  •  
    2.7K
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *