Para frear o Coronavírus, Alegrete terá toque de recolher a partir desta sexta-feira

Diante do aumento de número de casos da COVID- 19, em Alegrete, e pacientes graves internados na UTI, sendo que todos estão com respiradores, a situação de Alegrete muda a partir da noite deste 20. As últimas informações são de que a UTI Covid, da Santa Casa,  está com oito dos dez leitos ocupados há vários dias.

Sivens Carvalho fala sobre a importância da permanente reflexão sobre consciência negra

De acordo com a Coletiva de Imprensa realizada, neste dia 20, no Centro Administrativo, será determinado o toque de recolher a partir das 21h, desta sexta- feira (20), em que depois desee horário ninguém poderá estar na rua.

Os esportes coletivos em quadras de futebol, treinos de laço, ensaios de invernadas devem parar, conforme o Decreto. As entregas de alimentos serão apenas por delivery.

A decisão veio depois de uma reunião do Comitê de Enfrentamento à COVID com Prefeito Márcio Amaral no dia 19. A fiscalização será realizada pela equipe de fiscais da Prefeitura, com apoio da Guarda Municipal e Brigada Militar.

Jovem é intencionalmente atropelado por uma caminhonete ao sair de casa noturna

Na coletiva de imprensa, no Salão Azul, neste dia 20, presentes o Comitê de Enfrentamento à COVID, Secretaria da Saúde o Prefeito Márcio Amaral foram anunciadas as medidas que serão tomadas de acordo com o Decreto.

A Dra Simone Estivalet  foi enfática ao dizer que  chegou de aglomerações, festinas, porque estamos no caos.  -A UTI está lotada e o hospital de campanha tem 16 pacientes, dos quais 4 precisam de UTI  e hoje vamos fazer nossa primeira transferência de paciente para São Gabriel”.

-Imagine nós da equipe médica não termos como atender um infectado na UTI, por falta de leito, alertou a Dra  Marilene Campagnolo. Hoje temos cerca de 30 casos por dia e 407 ativos”.

O último boletim epidemiológico informa que Alegrete tem 1.466 positivos; 55 pessoas aguardando resultado; ativos 388 pessoas; recuperados 1.058, em isolamento 380 e 20 óbitos registrados em Alegrete.

Os serviços considerados essenciais como farmácias e postos de combustíveis vão funcionar normalmente até o horário estipulado no Decreto. E as entregas de alimentos serão por telentregas, lembrou o Prefeito.

O uso das máscaras e a higienização com álcool em gel e a única maneira de proteção até o momento, alertaram os médicos.

 Vera Soares Pedroso