Para melhor escoar safra de arroz, RS/566 e estradas do interior recebem manutenção

A partir de agora, as estradas do interior vão ter bastante tráfego, por conta do movimento de caminhões que vêm com a safra de arroz das lavouras.

Os produtores sempre pedem que a manutenção seja feita, já que precisam de boas estradas para transitar e trazer a produção até as indústrias na cidade.

A RS/566, de responsabilidade do DAER, é uma das estradas que recebe patrolamento. O trabalho na parte de terra, quando termina a pavimentação, está sendo realizado. Ele avança em direção ao Mariano Pinto e, conforme Elaine Londero, deve chegar até a Balsa.

“Desgarrada” descreve a eterna saudade da querência

Já as estradas vicinais, agora com os reparos sob a responsabilidade da Secretaria de Agricultura e Pecuária, também estão com frentes de trabalho.

O secretário Daniel Gindri, informa que neste momento têm frentes de trabalho em quatro localidades do interior onde estão as patrolas: Rincão de São Miguel, Estrada do Silvestre, Guaçu Boi e pai passo.

Eles tinham duas patrolas que estão a serviço da limpeza de açudes, já que tem pedido de mais 200 produtores para que se faça este serviço. A outra patrola, que veio da Infraestrutura está nas estradas, esclarece. A maior dificuldade, diz Gindri, é a burocracia com a demora do processo para se comprar peças e fazer a manutenção das máquinas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários