Pastor evangélico de Alegrete atualmente em Lajeado: “é inacreditável tudo que está acontecendo aqui”

A cidade de Lajeado, no Vale do Taquari, região fortemente afetada pelo desastre climático no Rio Grande do Sul registrou situações dramáticas nos últimos dias.

Entre os alegretenses desgarrados que estão enfrentando a calamidade do Estado, a reportagem do PAT conseguiu contato com uma família que está em Lajeado.

Matteus Amaral doa boina a leilão para ajudar vítimas das enchentes no RS

Desde a chegada à cidade em dezembro de 2022, o Pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus, natural de Alegrete, Tedi Machado, tem testemunhado um cenário desafiador. Com mais de 15 anos de experiência pastoral, o Pastor viu-se envolvido em uma série de eventos adversos desde que assumiu suas atividades na comunidade de Lajeado.

O ano de 2023 foi marcado por seis enchentes que assolaram a região, com a mais significativa ocorrendo em setembro, capturando a atenção de todo o estado. No entanto, as dificuldades no início de maio deste ano, quando a cidade acordou em meio a uma situação que se assemelhava a um cenário de guerra, está sendo devastadora.

No dia 2 de maio, uma quinta-feira, os moradores foram despertados por gritos de socorro em meio a uma madrugada chuvosa e sem energia elétrica. As comunicações de emergência falharam, deixando a cidade sob uma atmosfera de tensão enquanto as águas subiam rapidamente, inundando ruas e cortando completamente as formas de comunicação.

Professora Elcira Nunes deixa legado de dedicação, amor à família e educação municipal

O relato do Pastor destaca a solidariedade e o heroísmo em meio ao caos, com caminhões passando pelas ruas inundadas enquanto pessoas desesperadas tentavam salvar suas vidas e bens. O apoio mútuo foi evidente, com indivíduos como o bombeiro Percival Vieira, também oriundo de Alegrete, contribuindo significativamente para os esforços de resgate e assistência.

A situação se agravou nos dias seguintes, com a cidade enfrentando falta de água potável e interrupção no fornecimento de energia elétrica. A queda de pontes na BR 386 no domingo anterior levou à liberação da passagem a pé para a cidade vizinha de Estrela, onde muitos residentes encontraram refúgio temporário.

Apesar das adversidades, a mobilização da comunidade e de organizações como a Igreja Internacional da Graça de Deus tem sido notável. Mesmo com seus templos afetados pelas inundações, a igreja tem se dedicado a receber e distribuir doações para aqueles afetados pelas enchentes. O Pastor ressalta o compromisso de ajudar a todos, independentemente de sua fé ou ligação religiosa.

Enquanto a cidade enfrenta os desafios impostos pela natureza, o Pastor encoraja a todos a permanecerem firmes, lembrando as palavras do Salmo 30:5: “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã.”

O alegretense Tedi Machado, é esposo de Letícia Machado, pai de Julia e Gustavo, e Pastor da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Se inscrever
Notificar de
guest

0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários