PM, voluntário da causa animal, salva cães que estavam morrendo de fome e sede

No último final de semana uma grande ação foi realizada para efetuar o resgate de alguns cães que estavam abandonados em três residências no bairro Sepé Tiaraju.

Resgate de cães abandonados
Resgate de cães abandonados

Conforme a reportagem apurou, desde o homicídio de Carmen Lúcia da rosa Rodrigues, de 60 anos, os cães na casa dela e no pátio de mais duas residências que ficam no mesmo terreno, não recebiam comida ou água.

Assim que foi informado sobre o ocorrido, o soldado militar Timóteo Jeremias Cappa Bravo, que é um defensor da causa animal, foi verificar a situação.

Abuso sexual contra crianças muitas vezes parte de familiares; veja um exemplo

Em uma das casas, que é de um familiar conhecido como Milu, havia cinco cães, dois já estavam mortos, provavelmente, em razão do forte calor e falta de água. Já na casa do meio, mais dois e, na casa da Carmen Lúcia, outros três cães. Ao se deparar com as três residências fechadas e, todos os vizinhos destacarem que ninguém chegava no local, o policial, durante o período de folga, na condição de voluntário, passou a alimentar os cães e dar água. Isso aconteceu por cerca de sete dias.

Neste período, fez contato com a Ong OPAA, PATRAM e com a Guarda Municipal. Ao ter conhecimento do que estava acontecendo, através do Diretor da Guarda Municipal, Angelo Tertuliano, o policial recebeu cinco quilos de ração. E um trabalho foi articulado para que os cães pudessem ser regatados e levados ao Canil.

Violência contra a mulher diminui, mas números são preocupantes em Alegrete

“Eu vi que os cães no dia do crime, alguns, já estavam em situação de abandono. Fezes e sujeira falta de água e comida, só não foi feito ocorrência pois não ficou nenhum morador ou proprietário visto a violência contra eles”- disse o policial, se referindo aos animais das casas ao lado da Lúcia.

A ação de resgate através da Secretaria da Saúde, Veterinários do Município Aline Gasparotto e Carlos Humberto Conceição, juntamente com a equipe do Canil e apoio da Guarda Municipal e da PATRAM foi concluída ontem.

Renascido do submundo das drogas e prostituição, esse alegretense hoje salva pessoas

Em nota a OPAA fez o seguinte agradecimento:

A OPAA agradece ao Soldado PM Timóteo Jeremias Cappa Bravo, que no seu período de folga, na condição de voluntário, alimentou os animais que estavam abandonados no Bairro Sepé Tiaraju.

Sua colaboração foi fundamental até que uma equipe formada por diversos profissionais pudesse atuar no caso. Estendemos nossos agradecimentos à Secretaria de Saúde, Veterinários do Município Aline Gasparotto e Carlos Humberto Conceição, Equipe do Canil, Guarda Municipal, Patram e à Veterinária e também Vereadora Dileusa Alves, que representa a OPAA como responsável técnica e voluntária atuante na defesa dos animais.

Nada se consegue sozinho, portanto é fundamental a busca da informação correta, o respeito e a solidariedade.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários