Preocupa número de alunos infrequentes em escolas de Alegrete

O aumento de alunos infrequentes em escolas, tanto da rede estadual como municipal, em Alegrete, é assunto que envolve a direção das escolas e quando necessário o Conselho Tutelar.

O presidente do Conselho Tutelar, Antônio Aparício Moreira Marques, informa que o aluno que faltar a aula cinco vezes consecutivas ou alternado, a escola tem que abrir uma FICAE- Ficha de Controle de Assiduidade Escolar.

O conselheiro informa que só este ano foram abertos 100 FICAES. Primeiro, a escola verifica com a família os motivos, porque o estudante não comparece às aulas .  E tenta fazê-lo voltar a frequência normal, quando isso não acontece o caso é passado ao Conselho Tutelar, que vai  ao encontro da família ver o porquê o aluno não esta indo à escola.

E ainda quando o caso não é  resolvido, o Conselho encaminha à Promotoria da Infância e Juventude.

Antônio Aparício informa que entre as causas de infrequência estão os que ficam até mais tarde em redes sociais, vendo TV e não conseguem acordar para ir à Escola. Ainda tem os casos de drogadição que, infelizmente, afastam estudantes das aulas, pondera.

-Nosso objetivo junto com as direções das escolas e a Promotoria é ajudar nossos estudantes para que não deixem de ir às aulas, porque a educação é a forma mais acessível de promover a cidadania, resgate de bons valores e formação cidadã, diz o presidente do Conselho Tutelar.

Compartilhe
  • 103
  •  
  •  
  •  
  •  
    103
    Shares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *