Professora dá novo destino para sombrinhas estragadas

Em dias de chuva quem precisa sair à rua a pé, faz uso de guarda chuva ou sombrinha. E quando tem chuva com vento estes, normalmente, não resistem e estragam.

Mas para a professora de contabilidade Ana Pias, o que virou lixo para muitas pessoas nas mão dela se transforma  em utilidade.

Eu literalmente junto sombrinhas abandonadas na rua e faço toucas de banho, diz rindo a professora.

Ela começou a pesquisar sobre o que fazer para complementar a renda de professora, no final de 2018. Pesquisando viu que sombrinhas velhas que não servem mais para proteger da chuva, podiam se transformar em toucas de banho.

E assim, como também sabe costurar, iniciou a fazer as toucas que já foram vendidas até para fora de Alegrete.

Ela usa sua criatividade para incrementar cada touquinha e informa que uma sombrinha pode render ate três delas que protegem o cabelo da água ao tomar banho.

Só no dia 14 em que choveu forte e com vento forte na cidade, ela juntou mais de 20 sombrinhas abandonadas nas ruas de Alegrete. -Tive que pedir uma sacola em uma loja para trazer para casa, tal a quantidade que encontrei largada nas ruas.

Ela mostra com entusiasmo o material que já está sendo preparado e o que estão prontos.

Além das toucas, Ana Pias também reaproveita CDs da empresa do marido e transforma em belos adereços decorativos que ficam bem em qualquer ambiente.

-Essa atividade, além de me ajudar a ocupar o tempo, já que ainda dou aula três dias à noite na Escola Emílio Zuñeda, estimula a criatividade. E já até incentivei uma amiga a fazer as toucas também para que ocupe seu tempo e possa aumentar a renda.

Vera Soares Pedroso

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *