Rafael Ilha acusa Polícia Federal de abuso de autoridade

Menos de 24 horas após sair da prisão, Rafael Ilha marcou presença no programa ‘A Tarde é Sua’ nesta quarta-feira (30). Ao lado da esposa, o ex-Polegar deu entrevista para a apresentadora Sônia Abrão.
O casal, que ficou detido durante oito dias, deu sua versão sobre a acusação de tráfico de armas. Ilha negou que estivesse traficando arma de fogo e acusou os agentes da Polícia Federal de Foz do Iguaçu de abuso de autoridade.
O repórter da Rede TV! garantiu que foi ele quem avisou aos policiais de que a esposa estava com uma arma na mala e que o objeto estava desmontado.
Em seguida, o casal foi algemado, detido e aguardou mais de quatro horas para conseguir falar com seu advogado. Um agente tentou fazer com que a esposa do cantor assinasse um depoimento ‘falso’.
‘Estávamos separados por uma pequena divisória. Ela gritou: ‘Ele quer que eu assine um negócio que eu não falei’. Então gritei de volta: ‘Não assina”, contou.
Segundo Ilha, o depoimento dizia que a arma estava em sua posse quando, na verdade, quem comprou o objeto foi sua esposa para lhe dar de presente.
‘Até que teve uma hora que a Aline gritou que ia assinar o documento, mas riscou as partes que não concordava. Foi aí que ele começou a fazer tortura psicológica. Disse que a gente ia mofar na cadeia, que íamos pegar oito anos de prisão, que a gente nunca mais ia se ver e que o nosso casamento ia acabar.’
Rafael e Aline foram soltos após pagar fiança no fim da tarde da última terça-feira (29). Elias Abrão, irmão da apresentadora Sônia Abrão, foi quem efetuou o pagamento de R$ 55 mil à Justiça.
mini

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *