Salão de Porto Alegre que causou revolta em mãe após corte de cabelo do filho se manifesta: ‘dimensão desproporcional’

Estabelecimento afirma que filho da influenciadora Thielly Souza possuía cabelo de volume diferente do modelo sugerido. Mãe diz que pretende entrar com ação na Justiça pedindo indenização por danos morais.

O salão de beleza de Porto Alegre alvo de reclamações de uma mãe que não gostou do corte de cabelo do filho de cinco anos se manifestou pela primeira vez sobre o assunto, nesta sexta-feira (17). Em publicações nas redes sociais e em um boletim de ocorrência, a influenciadora digital Thielly Souza, de Guaíba, na Região Metropolitana, falou de sua revolta após o ocorrido.

No texto, o salão Glamour Kids afirma que vai tomar “todas as medidas jurídicas e regulares cabíveis para a cessação dos danos e preservação de seus direitos” e avalia que o caso “vem tomando dimensão desproporcional na imprensa e nas redes sociais, acarretando danos de significativa monta, de natureza material e moral para a empresa”.

“A Glamour Kids afirma e atesta que em nenhum momento furtou-se ou furtar-se-á em atender as demandas de seus clientes, e que tal inércia jamais aconteceu no presente caso, que restou com retorno impossibilitado, devido ao fato de a situação ter tomado proporções inimagináveis, de forma instantânea, por meio de difamações seguidas em ambiente virtual”, diz a nota.

De acordo com o relato da empresa, Thielly “demonstrou descontentamento com o resultado, pois, pelo seu entendimento, o corte não teria ficado a seu gosto, uma vez que possuía a expectativa de que ficasse ‘igual’ ao da foto”. A nota ainda destaca que o modelo do corte sugerido e o filho da influenciadora possuem “cabelos diferentes em volume e outras condições (a foto era de um adulto, e a solicitação que fosse adaptada para um corte em uma criança)”.

A empresa ainda afirma que precisou mobilizar a segurança do shopping e a Brigada Militar devido às ofensas da influenciadora. Segunda a nota, o serviço não foi cobrado e, como a sócia do salão não estava no local, não houve como dar uma resposta diferente.

Relembre o caso

Uma influenciadora digital fez publicações contra um salão de beleza de Porto Alegre na quarta-feira (26), após o corte de cabelo do filho de cinco anos não sair conforme o desejado. Thielly Souza, de Guaíba, na Região Metropolitana da Capital, postou vídeos e fotos nas redes sociais, mostrando o antes e o depois do penteado do menino.

Thielly registrou um boletim de ocorrência contra o estabelecimento na quarta à noite. O menino não cortava o cabelo há quase quatro anos. Segundo a mãe, o cabeleireiro, enquanto fazia o corte, pedia para ela ficar calma.

A influenciadora diz que não recebeu nota fiscal e que não conseguiu conversar com o gerente do estabelecimento. O estabelecimento não teria aceitado o pagamento do serviço. Ela afirma que pretende abrir um processo no Juizado Especial Cível, pedindo indenização por danos morais.

Nesta quinta-feira (26), mãe e filho foram a outro salão refazer o corte. “Ele ficava na frente do espelho, dizendo ‘olha, eu acho que já cresceu um pouquinho'”, conta Thielly, que diz ter recebido ataques na internet após as publicações.

O vídeo publicado por Thielly no TikTok alcançou mais de 1,4 milhão de curtidas cerca de 18 horas após a divulgação. Quase 35 mil usuários haviam comentado a postagem. Thielly tem mais de 500 mil seguidores na rede social, além de outros 100 mil no Instagram.

Após as postagens, a influenciadora relatou ter sofrido ataques na internet pelos vídeos e fotos publicadas. Ela diz que a repercussão foi inesperada e não imaginava ter quase 20 milhões de visualizações no TikTok. O intuito da manifestação, segundo ela, foi chamar a atenção a uma suposta negligência do salão.

No perfil no Instagram, Thielly fala da criação dos dois filhos, de autoestima e da aceitação do corpo no pós-parto.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários